Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Vergonha alheia #1


Particularmente, eu adoro sentir vergonha alheia. Ver pessoas fazendo coisas extremamente ridículas ou passando por situações constrangedores fazem com que minha cagadas ou situações semelhantes que eu passei pareçam pouca coisa, ou então pelo menos eu sei que não estou sozinho no mundo. Vou começar esse quadro no blog, já que o "Coisas que você vai aprender agora e esquecer depois" virou página no Facebook. Vamos começar com essa simulação de agressão numa partida de futebol amador:

Um técnico ator simula agressão e não engana ninguém:


A índole desse cara deve ter cheiro de bosta, mas aquelas bostas que saem com gosma amarelada de gente que tá bem doente, sabe? Aquele cheiro de bosta que entope seu nariz em segundos, talvez uma reação do cérebro pra te proteger da morte. Que simulação! Enganou a todos!

Um site horrível acha que teve uma ótima ideia mas só revela que alguém lá tem uma doença muito séria:


Sério Buzzfeed. Acharam mesmo que "20 coisas que parecem com vaginas" algo engraçado? E outra: Mamão Papaia?????? Isso é doença, procure um psicanalista ou qualquer coisa assim

Uma balada inglesa grava um comercial que pelo jeito é feito pra te convencer a não ir lá:


Essa balada é entupida dessa gente que chega aos 35 anos de idade, percebe que é triste e decide "ser jovem de novo porque não importa a idade do corpo desde que você permaneça jovem na cabeça". Aí da nessas coisas. Se bem que eu quero o que esse cara tomou:


A pegadinha que apenas prova que eles tiveram filho muito cedo:


A mulher vai fazer uma ~~pegadinha~~ com o marido. Enquanto ela vai jogar coisinha na cara dele, o menino joga um balão d'água. O cara chega, ela começa a jogar coisinha na cara dele. Ele fica putinho, joga o capacete no chão e sai. Primeiro: A mulher, no momento que jogou coisinha na cara dele, tinha que ter percebido que alguma coisa tava errada. O cara deve ter tido um dia de bosta. Segundo: O cara pagar de bebê chorão na frente da criança porque teve um dia de bosta foi ridículo. Um casal babaca. O melhor foi a criança depois de tudo jogando o balão nele.

O técnico que pensou que ia ter o melhor momento de sua vida. Pensou:


Coloque em 3 minutos e 54 segundos de vídeo. Imagina o seguinte: Você teve todos os seus sonhos arruinados, mas reencontrou a esperança de sua vida ao treinar um time de beisebol de meninas. Depois de muito treino, discursos e esforço, o time vence o campeonato, e em um momento de puro êxtase você pula de alegria, olha pra trás e nota que o time inteiro corre em sua direção, e você se prepara pro abraço coletivo. Seria o desfecho, algo pra ficar feliz por um bom tempo, e lembrar pro resto da vida. Seria.

Os amigos que acharam que iam pegar todas com seus sintetizadores:


É incrível como o adolescente usa tudo como pretexto pra conseguir sexo. Alguns homens permanecem na adolescência até o final de suas vidas, mas tudo bem. "Vou comprar um carro, e assim eu terei sexo"; "Imagina a gente no camarote, o tanto de mina"; "Vamos levar nossos sintetizadores pra festinha que vai ter, imagina as mina pagando um pau!!!". Esse último é o caso que você viu aqui. As mulheres lentamente saem da sala. O jeito que o cara finge que nem tá ligando só piora a situação. A última olhada pra última menina é tragicômica. 

Comente com o Facebook: