Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Arrependimento instantâneo - Pequenas atitudes que geraram amargos arrependimentos

Arrependimentos podem surgir da frustração de coisas construídas com o tempo, onde grande investimento emocional e até investimento de outras áreas foram feitos. Esse arrependimento dói. Mas alguns arrependimentos acontecem de forma espontânea, de repente, do nada, onde você não poderia imaginar o efeito da causa que você gerou. Esse post é sobre esse tipo de arrependimento:

Veja bem, você está jogando boliche com seus amigos, faz um strike, dá até aquele frio na barriga de quando você consegue uma coisa que queria muito. O que recebe como prêmio? Um tapa na cara tão poderoso que você desmaia e cai que nem uma tábua no chão. Não se sabe de quem é o arrependimento aqui: Do amigo que achou que dar high-fives é algo legal, ou do cara que fez o strike.

Esse vídeo representa aquela horrível situação de quando você vai transar pela primeira vez com a mulher, vai fazer um oral e a buceta tem gosto de ameba do inferno.


História de terror rápida: "Sabe aquela história da curiosidade que matou o gato?" "Que história?". Aí a pessoa morre.



Não sei de onde que ela tirou que tinha as competências físicas ideais pra conseguir esse tipo de peripécia.


Essa mulher vai ficar com gosto de melancia na boca até o final de seus dias. 


Foi o mais próximo que um humano chegou de um Shoryuken 


Sempre gosto de ver esses caras do tipo "vou fazer coisas legais pra impressionar meus amiguinhos" se fodendo.


Esse vídeo representa aquela situação descrita no cachorro e o limão também, mas invertendo os gêneros.


Ele não sabe o que está acontecendo, e está muito, muito assustado. Ele só quer chegar em casa e dormir. Só isso.


Ele dá o soco de forma tão serena que acho que é o soco mais poético já visto. 


Ele realmente achou que empurrar a tela iria trazer tudo de volta ao normal, como mágica.


Imagina essa merda é xixi de cavalo? Ok, não existe uma razão pra xixi de cavalo ser transportado em caixas azuis abertas, mas imaginei isso. Falando nisso, tenho um trauma que envolve xixi de cavalo e algodão doce. Não quero falar sobre isso.


Esse se arrependeu de uma forma que não dá pra imaginar


Eu amo esse GIF. A cara de desgosto que ela faz é impressionante. É uma hipérbole das caras de desgosto.


"EITCHA PORRA, QUE QUE ISSO AQUI, QUE QUE ISSO AQUI". Isso amigos, é a definição de desespero. Nunca imaginei que um elefante poderia arregalar os olhos desse jeito. Talvez a ciência também não.

Comente com o Facebook: