Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

10 minérios mais mortais que a própria morte

Esses dias (talvez tenha sido ontem, não sei mais) fiz um post sobre os 10 animais mais mortais que a própria morte. Agora é a vez dos minérios "Então vai ter das plantas?", você pode perguntar, e eu respondo: Não só plantas como vai ter de fungos também. Aguarde.

Coloradoíte


O coloradoíte é um minério cristalino recentemente descoberto. Ele é um telurido (um composto do elemento telúrio com um elemento eletropositivo) composto com mercúrio. O telúrio já é tóxico pra caralho, e juntando ele com o mercúrio, fica pior ainda. Ele é duplamente tóxico pra gente. Se você segurar o coloradoíte, será envenenado na hora.

Chalcanthita 


Esse belo minério é composto de cobre combinado com enxofre e com resíduos de água. O cobre é essencial pro funcionamento do nosso corpo, mas em grandes quantidades ele se torna tóxico. O problema é que o cobre desse minério se mistura na água e passa a ser "transmissível" pro nosso corpo. Tocar nesse minério significa morrer rapidamente.

Hutchinsonita 


O tálio é o irmão negro do chumbo. Não que ele tenha sido adotado, digo negro no sentido de perverso. Ele tem a mesma massa atômica do chumbo, só que é muito mais mortal. Bom, esse minério aí é composto de tálio, chumbo e arsênico. Sabe o que acontece com quem se aproxima dele? Começa a perder cabelo. Quem toca nele pode ter uma série de doenças, inclusive câncer de pele, e talvez até morra.

Galena


A Galena é o princípio de minério do chumbo. Ele forma esses cubos brancos, azuis e prateados de formas quase perfeitas naturalmente. É um minério muito flexível também. O enxofre nele o torna quebradiço e reage muito a qualquer tratamento químico. Ficar exposto a ela pode te dar alguma coisa ruim, mas o problema está nas minas que ficam cheias de trabalhadores (não estou falando daquela mina que dá pra todo mundo): Quando uma broca acha, sem querer, um monte desse minério aí, uma fumaça mortal surge e mata todo mundo. Triste.

Amianto


O amianto, ao contrário do que muitos pensam, não é algo criado pelo humano. Além disso, é um dos minérios mais terríveis do planeta. Enquanto os outros minérios têm a raiz de seus problemas na composição química, que geralmente causa envenenamento ou qualquer outra coisa, o amianto sabota o humano mecanicamente. Acontece que esse minério é fibroso, e essas fibras podem ir pro ar, e acabar no seu pulmão. As complicações vão desde irritações no pulmão até a morte por hemorragia.

Arsenopirita


Já ouviu o termo "ouro de tolo"? Era quando aqueles caras nos riachinhos, ou em uma mina, achavam um negócio que no meio da terra parecia com ouro. Então, só depois dos testes, descobriam que era sulfeto de ferro, que não vale porra nenhuma. Por isso o termo. Bom, a arsenopirita é o ouro do muito tolo. Além do sulfeto de ferro, esse minério tem arsênico. Qualquer tentativa de esquentar ele vai fazer com que ele solte um gás tóxico com cheiro de alho. Vapores letais, cancerígenos e carcinogênicos são lançados, e muitas pessoas que pensavam estar ricas com o ouro recém-achados estavam mortas logo depois.

Torbernita 


Torbernita é o minério do inferno. Ele tem formato de prisma, geralmente estão dentro de granitos, e tem urânio em sua composição. Formado por uma complexa reação entre fósforo, cobre, água e urânio, já convenceu várias pessoas a levarem ele pra casa, já que é bem bonito. Se a quantidade de urânio pra fazer um mini-Chernobyl não é o suficiente, ele solta um gás letal e cancerígeno. Ela pode estar em qualquer granito, então, sei lá, cuidado.

Stibnite 


Basicamente é sulfureto de antimônio, mas parece prata. Por isso, quando descoberto, foi usado pra fabricar diversos talheres e outros utensílios domésticos. Foram necessárias diversas mortes pra perceberem que esse minério estava causando envenenamentos muito feios.

Orpiment


A única coisa que pode ser pior que o arsênico é uma rocha feita SÓ de arsênico e enxofre. As cores são bem bonitas, mas segurar um em suas mãos significa ou câncer ou morte.

Cinabre



O cinabre é o sulfureto de mercúrio, e é também o minério mais mortal do planeta. O nome dele significa "sangue de dragão". É formado próximo a vulcões, e se tocado ou esquentado, solta mercúrio puro, causando instantaneamente tontura, perda dos sentidos e morte.

Veja também: 

Comente com o Facebook: