Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Vivemos em um mundo bom, por incrível que pareça

Eu sei, é difícil acreditar no que disse no título desse post. 


Alguns que foram mandados pra guerras terminaram nas ruas


Toda hora vemos coisas horríveis. Em todos os lugares. Temos a constante sensação de que tudo está perdido, de que a humanidade se perdeu.


Todo dia sabemos de situações desesperadoras que pessoas passaram por conta da ação de pessoas más


Qualquer um pensaria que é apenas um golpe de sorte estar vivo e mais ou menos seguro em sua casa, já que o mundo, como percebe-se, está cada vez pior, e indo pra um abismo. O fim iminente da humanidade está aí, graças aos humanos.


Quantas vidas inteiras foram perdidas e outras arruinadas por ambições egoístas, por poder, ambição, inveja ou ódio?


Quando a maldade vai acabar?


Será que vai acabar?



Pode parecer meio óbvio, mas o mau só vai acabar quando formos bons. Veja as próximas imagens, depois volto:


Quando não perdermos as esperanças por nada (na foto, uma criança desaparecida sendo procurada. Idade hoje: 56 anos).



Na imagem, cristãos protegendo islâmicos durante a reza deles.


Indianos que moram na rua recebendo comida de graça


Deus não odeia ninguém


Pai passando seus últimos momentos com o filho


O amor pode durar pra sempre.


Essa foto ficou conhecida como o "beijo da vida". O eletricista levou um choque, teve uma parada respiratória e essa respiração boca a boca permitiu com que ele vivesse mais 37 anos. 


Voltei. O que eu vou dizer pode parecer estranho, mas estamos vivendo a melhor época de todas da humanidade. Estamos na época menos violenta. Se alguém da idade média fosse teletransportado pra cá, pensaria que morreu e estava numa espécie de paraíso (ou semi-paraíso, após ter seu único pertence, uma batata, roubada na saída de uma estação de metrô). Essa desesperança que vemos hoje em todo lugar é fruto do não entendimento de que pra acabar com pessoas más, precisamos de pessoas boas. O mundo não vai se encarregar de equilibrar as coisas. Acreditar nisso se trata da teoria Just-World. As pessoas boas é que condenam as pessoas más. O que é bom? O que é mau? Como condenar? Como saber se estou certo? E errado? Talvez essa jornada seja feita pra que nós possamos descobrir isso, cada vez mais. O importante é que você nunca desista de fazer o bem. Às vezes pode até ser difícil, e é por isso que só os melhores fazem. Muitas pessoas boas existem, e é só graças a elas ao longo da história que evoluímos e de pouquinho em pouquinho nos tornamos melhores. Você pode ajudar. E tudo isso acontecendo numa bolinha azul. Doido né?


Gostou do post? Então veja também:

Comente com o Facebook: