Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

As 10 coisas mais repugnantes que já fizeram com menstruação

Quando a internet se popularizou, uma nova era começou na humanidade. Todas as informações disponibilizadas por alguém de qualquer parte do mundo poderia ser acessada por qualquer um em igual condição geográfica. Você pode aprender tudo, e saber de tudo o que sabem, com uma ferramenta que tem em casa. Nem o pensamento que mais maravilhava o mais audacioso filósofo de tempos antigos vislumbrava a internet. Porém, é com a internet também que chega aos nossos ouvidos que pessoas fazem coisas bem estranhas com sangue de menstruação. Esse post é sobre elas.

Essa manhã explodiram 3 prints de uma conta do instagram que posta receitas de menstruação. A pauta foi sobre o sorvete de menstruação, panqueca de menstruação e o waffle de menstruação. Acontece que os 3 são fakes, mas as pessoas realmente fazem coisas estranhas com menstruação. Primeiro, o caso desses 3 prints:

Picolé de menstruação:


"Eu tentei fazer ainda mais experimentos com meu sangue menstrual fazendo um picolé pro verão que está chegando! É bem saudável, tem um cheiro suspeito, mas ao todo é bom. É fácil de fazer e tem um ótimo resultado final".

Ainda bem que é fake, mas só a ideia já é perturbadora.

Panqueca de menstruação:


É fake porque ninguém menstrua tanto, já que ela diz que são necessários 3/4 de copo de menstruação, e o máximo que alguém menstrua é 80ml, mas nada impede que alguém guarde o sangue e até se afeiçoe por ele, como veremos mais adiante.

Waffle de menstruação


Quase que eu escrevi waffle de panqueca no sub-título. Esse é mais crível, já que na receita macabra ela diz que são necessárias 2 colheres e meia de menstruação. Só que devido ao histórico da conta, não acredito muito. Agora vamos aos casos reais.

"Minha jarra de 1330ml de sangue menstrual está quase cheia"


"Não tenho certeza do que fazer com ela quando estiver cheia. Estou coletando o meu sangue menstrual há 1 ano e meio, e eu gostaria de guardá-lo. Mas estou com medo de alguma coisa acontecer e o vidro quebrar. Eu estaria mentindo se dissesse que não estou afeiçoada pelo sangue"


Arte menstrual


A artista Jen do Beauty in Blood diz que a vida dela inteira mudou quando, em 2012, começou a usar um coletor menstrual. Aparentemente esse foi o primeiro dominó a cair da trilha de dominós que culminou em ela fazer arte com sangue menstrual e depois uma exposição que envolve 36 artistas menstruais de 10 países.


Pintura facial de menstrução

O cara da pintura facial de menstruação disse que ia me processar se eu não tirasse essa imagem. Ok, vou tirar pra não ter encheção de saco embora seja uma foto pública. Mas você pode ver a foto nos seguintes links:
aqui
aqui
aqui
aqui
aqui

O cara postou isso no Facebook com a seguinte legenda: 
“seiva humana

néctar feminino
isso mesmo:
pintura corporal de menstruação”

"Babá com aids coloca sangue menstrual no mingau da criança"



Ela foi condenada a 12 meses de prisão por transmitir HIV intencionalmente. Isso é o que dá mais raiva.

BÔNUS: Não é bem sangue menstrual, mas essa mulher tricota usando um novelo enfiado na buceta


Ela diz que isso é sobre ficar mais íntima do próprio corpo.



Uma lanchonete japonesa serve gelatina vermelha em um absorvente, esse é o atrativo deles. Acha bizarro? As mulheres japonesas fazem algo muito pior no dia dos namorados, mas deixa isso pra depois.


A Ugly Shyla Menstrual Art vende esse anel que tem um toque de sangue de menstruação. Lindo


Instrumento de percussão de sangue menstrual


A dona do blog Moon Wisdom lança esses papos esotéricos de que o sangue de menstruação é sagrado e blábláblá, mas o que importa aqui é que ela fez um belo tamborzinho que deve ser fedorento


O.B com pérolas


Imagine as possibilidades! A mulher pode fazer um nuntchaco do rebolado vaginal com essa maravilha e se defender de agressores. O criador dessa bizarrice menstrual se chama Andrea Mettler

Link pra reportagem do Desing Spotter

Mulheres japonesas colocam sangue menstrual no chocolate caseiro pra fazer com que o seu amado também ame ela


A cultura japonesa é muito estranha, e você pode conferir isso no site especializado no assunto Japan Subculture. Lá você aprende, por exemplo, que um hábito comum por lá é ir pra um motel na véspera de Natal e transar loucamente. No dia dos namorados é comum que as mulheres comprem chocolates pros homens que elas estão afim. Um mês depois tem o dia do branco, e é a vez dos homens darem o chocolate pras mulheres. Acontece que as mulheres dão chocolate pra todos os seus conhecidos homens, inclusive colegas de trabalho  aquele mendigo que fica na esquina falando coisas desconexas. 

É por isso que nesse dia existem dois tipos de chocolate. São os 本命チョコ (chocolates do amor verdadeiro) . Os outros, dados por obrigação, são chamados de 義理チョコ (giri-choco). Algumas garotas de lá dão uma incrementada nos chocolates do amor verdadeiro, com fluídos, como suor, cuspe e sangue de menstruação. Muitas admitem em vídeo ou no Twitter. Uma contou que usa framboesa pra disfarçar o cheiro e o gosto.

Isso porque no Japão, muitos acreditam que o sangue tem poderes amorosos mágicos, e que ele serviria como uma espécie de poção do amor. 

Link da matéria do Japan SubCulture

Gostou do post? Veja também:

Comente com o Facebook: