Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

10 fenômenos físicos e químicos que vão explodir sua cabeça pra sempre

Mesmo que já tenhamos descoberto muita coisa, ainda tem muito mais pra descobrir. Então pelo menos uma vez na vida saia desse joguinho aí e adquira um pouco de cultura, com esses gifs que vão explodir a sua cabeça:


Esse negócio maluco acontece quando você põe bromo em uma solução ácida. Então ela é convertida em íons de brometo, e depois volta pro estado original. Depois de muito estudar essa maluquice, descobriram que só nessa reação existem 18 estágios.


Quando um supercondutor (um material que tem zero de resistência elétrica em temperaturas baixas) é exposto a um campo magnético, ele não apenas flutua, mas pode ser travado em uma certa distância do imã.


Quando perto de uma caixa de som emitindo ondas em 24hz, uma corrente de água vibra e vira essa brisa aí. Mas só dá pra ver com uma câmera que captura em 24fps.


Ácido sulfúrico reage com nitroanilina, produzindo um monte de calor, carbono e gases. A explosão resultante se resfria rapidamente no ar, e fica desse jeito aí. É um processo parecido com a pipoca estourando.


Quando uma mola é solta no ar, o final dela é puxado em direção ao centro de massa. Quando os dois se encontram é quando ela finalmente cai. Vou te dar um tempo pra absorver esse negócio aí. Calma.

Esse negócio que serve pra criar fogo usa o calor do ar rapidamente comprimido para queimar o combustível. Pode não ser incrível pra alguns, já que é basicamente como motores a diesel funcionam.


Isso aqui é um exemplo de um relógio químico. Uma série de reações cria iodo, criando essa mistura escura, que consome iodo e fica clara novamente. Esse processo acontece cerca de 10 vezes.


Todo mundo sabe que a água congela em 0 graus Celsius. Mas ela não necessariamente faz isso. Quando a água é totalmente pura, não existe nenhuma partícula para "abrigar" os cristais de gelo. Quando ela entra em contato com outra coisa, os cristais se formam instantaneamente, de acordo com a imagem


Mesmo que o cobre não tenha um campo magnético forte, acontece uma coisa curiosa quando se joga um imã por um tubo feito com o material. O imã, em sua descida, produz uma corrente elétrica no cobre, que gera um pequeno campo eletromagnético, mantendo o imã no ar desse jeito.



Esse cara aqui simplesmente girou uma bola e destruiu a física do universo. Só me pergunto se valeu a pena ter jogado uma bola de basquete nova no lago

Gostou do post? Então veja também:

Comente com o Facebook: