Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Os super-heróis mais bizarros ao redor do mundo

Às vezes as ideias de super-heróis são ótimas, com uma boa história, uma boa aparência e uma boa coerência. Às vezes, não. Veja:


O Super Commando Dhruva é tipo um Robin indiano. Ele anda por aí numa moto e consegue falar com animais, com exceção dos gorilas (sabe-se lá o por quê), e respira em baixo d'água, tornando-o o super-herói mais aleatório do mundo.



O Homem mosca, do México, é um Homem formiga que em vez de lutar contra o crime, fica olhando a calcinha das mulheres na rua e lutando com aranhas. Bem útil para a sociedade.

"O Golem", de Israel, além de parecer um marshmallow, tem sua origem desconhecida. Uns dizem que foi radiação, outros dizem que foi um experimento científico. Ele protege o povo Israelense contra os demônios árabes, e já socou o Hitler na cara uma vez.

No Japão temos esse herói chamado "Homem estupro". Ele é um professor de segundo grau de dia, e de noite comanda uma rede de combate ao crime com seu tio. O lema deles é "Corrigindo o errado através da penetração." Porra, Japão. 

Zsazsa Zaturnnah, das Filipinas, é uma amazona super-poderosa que na verdade é um homem. Ele se transforma na guerreira quando come um meteorito rosa que caiu em sua casa. Como assim, né.
Outro herói mexicano: El bulbo. Ele é uma lâmpada que lutra contra a lâmpada Hitler. Bem criativo.

O Homem-demônio, também do Japão, é um garoto que foi possuído por um demônio, e por causa de seu coração puro, consegue conter a parte ruim envolvida nisso. A possessão acontece quando seu melhor amigo Ryo (que é secretamente o filho de Satan) atira em todo mundo em uma balada. Ótimo roteiro.

Um bombeiro é esfaqueado com um artefato antigo e dá origem ao Homem-mercúrio, da Tailândia. Ele tem a sua irmã transexual que luta kickboxing como parceira.

O Superdupont é como um Superman com todos os esteriótipos franceses. Ele bebe vinho, come queijo, usa uma boina, fuma cigarro, tem um bigode e anda por aí com uma baguete. Além disso, em vez de uma visão de calor, ele solta um raio curador de gonorreia. Parabéns, França.


Também das Filipinas, Flash Bomba é um cara que foi aleijado em um acidente, e depois de se recuperar e fortalecer seu corpo, encontrou uma criatura mágica com cabeça de cavalo. Depois de quebrar o bicho no pau por nenhum motivo, ele roubou os seus poderes. Um cuzão.

E o título de herói mais bundão vai para Splatter, do Canadá. Ele é parceiro do Capitão Canuck, que é um Capitão América canadense. O que o Splatter faz? Ele sai pela cidade procurando bandidos, e então atira neles com uma arma de paintball. Por que? Para marcá-los para Capitão Canuck, que bate neles depois. O super poder dele é marcar pessoas para que algum herói de verdade bata nelas. Um bundão.

Gostou do post? Então veja também:

Comente com o Facebook: