Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

A história por trás dos assassinatos mais marcantes de nossa história recente

Muitas coisas marcam a história pro bem, e geralmente isso ganha uma data comemorativa. Outras causam traumas, e ficam na memória popular por um bom tempo. Dentre essas coisas, temos assassinatos muito marcantes de líderes com grande influência, presidentes, músicos, etc. Veremos alguns deles:

Martin Luther King - Morto no dia 4 de Abril de 1968 por James Earl Ray


Martin era um clérigo, ativista e líder do movimento negro nos EUA na época. Ele foi assassinado no Motel Lorraine em Memphis, Tennessee, aos 39 anos. Ele foi levado pro hospital, e foi declarado morto às 19:05. O assassino era um fugitivo da penitenciária do estado de Missouri, e foi preso no dia 8 de Junho de 68 no aeroporto Heathrow, em Londres. Ele se declarou culpado e foi condenado a 99 anos de prisão. Depois ele tentou muitas vezes anular sua declaração de culpa pra tentar ser julgado por um júri, mas não conseguiu, e morreu por lá mesmo, em 98, aos 70 anos. A foto mostra integrantes do grupo de Martin apontando pra direção de onde vieram o som dos tiros, logo depois do acontecido.

Robert F. Kennedy, Senador dos EUA e candidato à presidência - Morto no dia 5 de Junho de 68, por Sirhan Sirhan


O assassinato de Robert Francis "Bobby" Kennedy, o Senador dos EUA e irmão do ex-presidente que também foi assassinado, levou uns tiros pouco depois da meia-noite no dia 5 de Junho de 1968, em Los Angeles, na Califórnia, durante um evento de campanha presidencial. Depois de ganhar as primárias da Califórnia e da Dakota do Sul, ele foi morto enquanto caminhava pela cozinha do Hotel Ambassador. Ele morreu no hospital Good Samaritan 26 horas depois. Sirhan Sirhan, um imigrante palestino de 24 anos, foi condenado pelo assassinato e pegou prisão perpétua. Os advogados dele disseram ter evidências de que armaram pra ele. O áudio dos tiros foi gravado por um repórter que estava no local, e Robert caído no chão depois dos tiros foi gravado em vídeo. A foto mostra ele no chão, logo após os tiros, ainda consciente.

Anwar Sadat, Presidente do Egito - Morto no dia 6 de Outubro de 81 por Khalid Islambouli


O assassinato do então presidente do Egito aconteceu no dia 6 de Outubro de 1981. Anwar Sadat, o presidente do Egito, foi assassinado durante a parada anual da vitória, que acontece em Cairo pra celebrar a passagem dos egípcios pelo canal Suez. Um fatwa (uma espécie de autorização dsegundo as leis religiosas feita pelos fodões do bloco islâmico) autorizando o assassinato foi expedido por Omar Abdel-Rahman, um fodão do islamismo. Aí os membros do Jihad Islâmico Egípcio foram lá e matara o cara.

Inejiro Asanuma, Presidente do Partido Socialista Japonês - Morto no dia 12 de Outubro de 1960 por Otoya Yamaguchi


Inejiro era Presidente do Partido Socialista Japonês, ele era conhecido por ter boa oratória e ficou famoso defendendo o socialismo logo após a Segunda Guerra Mundial, e seu apoio ao Partido Comunista da China era visto como uma controvérsia por lá. Ele foi morto por um nacionalista com uma baita de uma espadada na barriga durante um debate. O cara veio correndo que nem o Sonic e deu no Inejiro. O assassino foi preso no lugar e cometeu suicídio alguns dias depois sob custódia da polícia.

Franz Ferdinand, Arquiduque da Áustria e príncipe da Hungria - Morto no dia 28 de Junho de 1914  por Gavrilo Princip




Franz Ferdinand e sua esposa foram mortos em Saravejo pelo Gavrilo Princip, um cara de um grupo de seis assassinos. O objetivo do assassinato era separar as províncias eslavas austro-húngaras pra elas serem anexadas na Iugoslávia. As motivações dos assassinos eram congruentes com o movimento que veio a ser conhecido como "Jovem Bósnia". O assassinato foi o ponto de culminação da Primeira Guerra Mundial, já que a Áustria e a Hungria, que eram mais ou menos um só, mandaram um ultimado pro reino da Sérvia, que foi parcialmente rejeitado. Aí a porra toda estourou.

Benazir Bhutto, Primeira Ministra do Paquistão, morta no da 27 de Dezembro de 2007, o assassino é desconhecido ainda.



O assassinato aconteceu em Waralpandi, Paquistão. Ela foi primeira-ministra duas vezes (1988-1990; 1993-1996) e líder da oposição pelo Partido do Povo Paquistanês, e estava em campanha pra eleição em 2007. Tiros foram disparados nela depois de um evento de campanha e um homem-bomba explodiu logo depois dos tiros. Outras 24 pessoas morreram no ataque. Ela já tinha sobrevivido a um ataque similar que matou 139 pessoas.

Em Maio de 2007 ela pediu por reforços em sua segurança de agências de seguranças internacionais como a Blackwater. A investigação das Nações Unidas concluiu que o assassinato poderia ter sido evitado se "medidas de segurança adequadas tivessem sido tomadas". Essa foto foi horas antes de sua morte.

Malcom X, líder civil - Morto no dia 21 de Fevereiro de 1965 por Norman 3X Butler, Thomas 15X Johnson e Talmadge Hayer


Ele era islâmico, e em certo momento começou a achar que o islã era uma porcaria. Ele disse: "Eu fiz muitas coisas como muçulmano que me arrependo de ter feito. Eu era um zumbi. Eu apontava pra uma direção e mandava as pessoas marcharem". Pouco depois da declaração, ele foi morto por 3 membros do islã. Pois é...

John F. Kennedy, Presidente dos EUA, morto no dia 22 de Novembro de 1963 por Lee Harvey Oswald


O 35º Presidente americano foi morto às 12:30pm em Dallas, Texas. Ele levou um tiro de sniper enquanto andava num conversível com sua esposa, o governador do Texas e a mulher do governador do Texas. Depois da merda toda, uma investigação de 10 meses concluiu que o assassino agiu sozinho, bem como o assassino de seu irmão.

Leon Trotsky, revolucionário comunista - Morto no dia 21 de Março de 1940 por Ramón Mercader


Em certo momento da merda que tava acontecendo na União Soviética, Trotsky e Stalin pararam de se entender (tanto que hoje existe o "marxismo-trotskista" e o "stalinista", falando sobre dois jeitos de tomar o poder e foder com tudo). Stalin então começou a tentar matar o Trotsky. Depois de tentar resolver ele mesmo a questão, em Março de 1939, e falhar, ele colocou nas mãos da agência soviética NKVD a tarefa. No dia de sua morte, ele foi atacado por Ramón Mercader com um machado, acertando a cabeça do Trotsky, que morreu só no dia seguinte por uma complicação dos ferimentos (ele ainda conseguiu se defender do Ramón, colocar ele pra correr e ir pro hospital). A foto é do lugar onde ele levou a machadada.

Lee Harvey Oswald, o assassino de Kennedy - Morto no dia 24 de Novembro de 1963 por Jack Ruby


De acordo com cinco investigações, ele foi o responsável pela morte do Kennedy. Ele era um Marine dos EUA e desertou pra União Soviética em Outubro de 1959, então você já sabe que não foi bem sozinho né. Ele viveu por lá até 1962, e voltou pros EUA. Ele foi preso pelo assassinato de um policial que aconteceu 45 minutos depois do assassinato presidencial, e depois foi condenado pelo famoso crime. Lee negou o envolvimento em tudo. Quando era transferido da delegacia pra penitenciária, o dono de uma balada chamado Jack Ruby apareceu e matou ele com uma arma. O acontecimento foi registrado por várias redes de televisão que acompanhavam o momento.

John Lennon, músico - Morto no dia 8 de Dezembro de 1980, por Mark David Chapman


Ele foi um cantor e compositor inglês que ganhou fama mundial como co-fundador dos Beatles, mas disso você já sabe. Ele foi morto na entrada do edifício onde morava por esse maluco que aparece na foto pegando um autógrafo dele. Essa foto aconteceu horas antes do assassinato. O assassino imbecil escreveu um livro incentivado por alguma editora imbecil e um monte de gente imbecil comprou o livro.

Mahatma Gandhi, líder do movimento de independência da Índia - morto no dia 30 de Janeiro de 1948 por Nathuram Godse


Ele estava realizando um encontro de oração ou algo assim, quando um militante hindu apareceu e deu três tiros nele, que morreu cercado por amigos e familiares. Antes disso, tentaram matá-lo 5 vezes. A primeira vez foi em 1934


Gostou do post? Então veja também:

Comente com o Facebook: