Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

#EuSou190: os dramas que os atendentes da polícia viveram durante as ligações


É ridícula e inquietante a difamação que sofre a Polícia Militar de todos os estados brasileiros. Vamos começar pelas estatísticas distorcidas:

1) "apenas 10% dos crimes são elucidados no Brasil" - Primeiro de tudo, as polícias militares são competências dos estados, o que significa que cada estado tem uma polícia diferente. Quer um exemplo? Segundo o relatório do ENASP entitulado "Meta 2: a impunidade como alvo", 12.032 inquéritos de homicídio foram iniciados no estado de Minas Gerais desde 2007. Eles elucidaram 3,24% desses inquéritos. Em São Paulo a taxa de elucidação é de 55%. Ou seja: não tem como falar da Polícia Militar Nacional porque ela não existe.

Com salários baixos e equipamentos periciais ruins (segundo mesmo relatório), a situação em muitos estados não poderia ser diferente.

2) "A Polícia Militar mata milhares" - veja, estamos em um país com violência endêmica em muitos lugares. Enquanto temos um registro oficial de 60 mil homicídios ao ano, e centenas de milhares de assalto, muitos deles à mão armada, não poderia ser diferente também. Criar a impressão de que a polícia sai de noite caçando gente pra matar é ridículo (devido ao gigantesco contingente, um ou outro doente assim acaba se infiltrando na polícia, mas são casos muito raros).

3) "Acabar com a polícia militar, unificando tudo em polícia civil/polícia nacional diminuiria os crimes" - vamos ver então o que acontece quando se investe em polícia militar. São Paulo é um dos estados que mais investem em Polícia (de 2001 até 2005 os investimentos na polícia aumentaram em 70% e não pararam). Em 2004 a taxa de homicídios por 100 mil habitantes era de 28,2 em SP. Em 2014 foi de 13,4. Na verdade, São Paulo foi um dos sete estados que diminuíram essa taxa de homicídios. Em outros estados ela não só aumentou como subiu drasticamente. No Maranhão a escalada foi de mais de 200%, e no Rio Grande do Norte, 300%. Veja o mapa da violência na íntegra clicando aqui.

Fica óbvio aqui que O FIM DA POLÍCIA MILITAR SÓ CONTRIBUIRIA PRA UMA ESCALADA GIGANTESCA DE VIOLÊNCIA. Fica óbvio também que QUANTO MAIS INVESTIMENTO NA POLÍCIA MILITAR, MAIS O CRIME DIMINUI.

Discussões sérias sobre como melhorar o combate à criminalidade, gigantesca no país, é uma pauta bem-vinda e urgente, mas babaca que difama a maioria dos policiais que ganham uma miséria arriscando a vida diariamente em prol do próximo é algo que não se pode aceitar.

Sabemos também que policiais vivem muitos dramas, mas um caso que damos pouca atenção são os dos policiais que atendem as ligações. Nos EUA rolou uma campanha chamada #IAm911, onde os atendentes relatavam os dramas. Traduzi pra #EuSou190. Sinta-se à vontade, caso for um, pra contar sua história usando as tags nos comentários ou em qualquer lugar, sei lá. Veja:












Comente com o Facebook: