Tecnologia do Blogger.

Pessoas contam a história da maior surra de suas infâncias

Ainda na esfera das histórias de infância, pedi pra que os membros do grupo do Ovelhas Voadoras contassem as histórias das maiores surras de suas infâncias. Veja as melhores:



Pra me convencer a apanhar mais cedo, quando eu resolvia me esconder, minha mãe fazia uma macabra barganha: se sair agora, apanha menos.


Meu irmão já foi esquecido andando de patinete em uma pracinha, mas pelo meu pai


Cagada de criança sempre causa os maiores danos possíveis mediante àquela situação.


Já tentei imitar o Homem-Aranha e me senti um tanto ridículo por fazer isso logo em seguida. Creio ter sido minha primeira auto-humilhação.


Lembro de um dia que matei aula. Fizemos um plano, pulamos o muro e fugimos pra uma praça. Ficamos entediados e voltamos pra escola.


Eu sei que é um celular. Não achei foto de televisão com sabão e água. 


Lembrei de todas as vezes que eu molhei o cabelo pra fingir que tomei banho.