Tecnologia do Blogger.

Sim, Nosso Senhor Jesus Cristo nasceu no dia 25 de Dezembro - AS PROVAS

Obviamente, os satanistas que agora dominam os meios midiáticos do Mundo trabalham dia e noite pra distorcer ou inverter toda a Verdade que foi confiada à Santa Igreja Católica. Um dos trabalhos mais árduos desse conluio de satanistas é tentar colocar na sua cabeça que Nosso Senhor Jesus Cristo não nasceu no dia em que nasceu. Querem te enfiar a ideia de que "o dia 25/12 é apenas um consenso simbólico" ou alguma coisa igualmente ridícula, afinal, Jesus é a Verdade, e quanto mais te afastam da Verdade, mais te afastam dele.

Obviamente esse seria o 1º resultado


Muito provavelmente você que está lendo comemora o Natal no dia 25/12, feliz, mas sem a certeza de que Nosso Senhor tenha realmente nascido nesse dia exato. Essa publicação vem pra te dar ótimas notícias: a CERTEZA de que, ao comemorar o Natal nessa data, está se comemorando o nascimento do Nosso Senhor! Não deixe que os satanistas te tirem essa maravilhosa festa.

No livro "A Cidade Eterna", Taylor R. Marshall faz uma pesquisa não só bíblica, mas histórica. Seja na via dos documentos históricos, seja na via bíblica, ficará provado que Nosso Senhor nasceu nesse dia.

Os malditos ateus costumam dizer que o Natal do dia 25/12 é uma festa pagã, colocada na Igreja Católica pra substituir a festa da Saturnália. Dizem ainda, os malditos, que isso foi porque quando o Império Romano se converteu ao Catolicismo, elementos pagãos foram colocados na Doutrina Cristã pra que gregos e troianos fossem agradados nessa transição. É uma mentira: a Saturnália comemora o solstício de verão (no hemisfério norte, o solstício de inverno), que vai do dia 17/12 até dia 23/12, não dia 25/12.

Os malditos ateus então partem pro segundo ponto, onde dizem a mesma coisa, só que com o feriado pagão Natalis Solis Invicti, que significa "Nascimento do Sol Invicto". Veja, o Imperador Aurélio introduziu esse feriado no ano 274, visando um ganho político com ele, já que seu nome significa "Aurora". As moedas da época revelam que o imperador se auto-denominava "Pontifex Solis", ou "Pontífice do Sol". Além disso, essa festa só começou a ser comemorada no dia 25/12 a partir do ano 354, enquanto o Império Romano perseguia ferozmente a Igreja instituída por Cristo. Exatamente nesse ano, um manuscrito do Império traz uma luz ao que eles tentavam fazer ao colocar o "Natalis Solis Invicti" exatamente nesse dia: "N INVICTI CM XXX". "N" significa "Nascimento". Invicti, "invicto". "CM", "Circenses Missus", ou "Jogos autorizados" e o XXX significa que são os trigésimos jogos. Ainda no mesmo manuscrito está: "Natus Christus in Betleem Iudeae" para o dia 25/12, que quer dizer "NASCIMENTO DE CRISTO EM BELÉM, NA JUDEIA". Você pode encontrar esse manuscrito em "The Chronography of AD 354. Part 12: Commemorations of the Martyrs.  MGH Chronica Minora I (1892), pp. 71-2".  O dia 25/12 só se torna o "Nascimento do Sol Invicto" sob o Imperador Juliano, o Apóstata. Ele começou como cristão, mas se afastou da Fé e retornou ao paganismo, e começou a tentar suprimir as datas Católicas, como por exemplo colocando um feriado dedicado ao Sol no dia do nascimento de Cristo.

Outra comum objeção é a de que, no nascimento de Jesus haviam ovelhas, o que seria impossível no inverno do dia 25/12. Oras, Belém fica a uma latitude de 31.7. O Texas, por exemplo, fica a uma latitude de 32.8, e as temperaturas de inverno por lá são bem confortáveis. Belém, não é o Alaska, a Rússia, a Groenlândia, etc, é perfeitamente possível os pastores estarem apascentando ovelhas ali por perto no dia 25/12.

Contestadas essas objeções, vamos estabelecer, nas Sagradas Escrituras, o nascimento de Nosso Senhor no dia 25 de Dezembro:



No Evangelho de São Lucas, é relatado que São Zacarias servia na "classe de Abias" (Lc 1:5). Tal classe era a oitava entre as 24 classes sacerdotais (Ne 12:17). Cada classe de sacerdotes servia por uma semana no templo, por duas vezes no ano. Quais eram as semanas em que a Classe de Abias servia? Era durante a oitava e a trigésima semana do siclo anual. Agora precisamos saber quando esse ciclo começava.

No livro de Josef Heinrich Friedlieb, Leben J. Christi des Erlösers. Münster, 1887, p. 312, o historiador consegue estabelecer que durante a destruição de Jerusalém, no nono dia do mês judaico de Av, a classe sacerdotal que estava servindo no templo era a de Joiarib. A partir daí, podemos concluir que São Zacarias, que servia na classe de Abias, iria servir durante a segunda semana do mês judaico de Tishri, a semana da Expiação. No nosso calendário, o Dia da Expiação cai entre os dias 22 de Setembro e 8 de Outubro.

São Zacarias e Santa Isabel conceberam São João Batista exatamente depois dele ter servido sua semana no templo,em algum dia do final de Setembro. ou seja, seu nascimento, 9 meses depois, foi em Junho (o que corrobora a comemoração da Igreja Católica do nascimento de São João Batista: 24 de Junho). Ainda podemos adicionar a essa prova bíblia o Proto-evangelho de São Tiago, datado do século II, que coloca São Zacarias como Sumo Sacerdote, o que é um erro, já que ele era um dos sacerdotes-chefes, mas ainda assim, o coloca no templo no dia da Expiação, que é no final de Setembro, e este dado está correto, já que coincide com o Evangelho de São Lucas.

O resto é simples: Logo após a Santíssima Virgem Maria ter concebido Nosso Senhor, ela foi visitar sua prima, Santa Isabel, mãe de São João Batista, que estava grávida de seis meses. Isso quer dizer que São João Batista é seis meses mais velho que Nosso Senhor Jesus Cristo. Se você adiciona 6 meses ao nascimento de São João Batista, 24/06, chegamos em 24-25/12. E mais: se subtrairmos nove meses do nascimento, chegamos em 25/03, dia da anunciação do Anjo à Santíssima Virgem Maria, o que mais uma vez coincide com a comemoração Católica.

Então a Santa Igreja Católica, que começa nos apóstolos selecionados por Nosso Senhor, está certa em comemorar o Nascimento de Jesus no dia 25/12? Sim! Afinal, não teriam os apóstolos perguntado à Santíssima Virgem Maria o dia em que Jesus nasceu? Não estariam eles interessados em saber todos os pormenores da história a partir da Santa Boca da própria Santíssima Virgem Maria? Foram estes mesmos apóstolos que instituíram a data, e como São Paulo diz na segunda carta aos Tessalonicenses, "Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa" (2 Tess 2:15)"

Dirão ainda os porcos que essa data foi instituída só quando o Imperador Constantino se converteu. Mentira! Papa São Teléforo, que reinou entre 126 e 137 institui a Missa do Galo na noite de Natal. Teófilo, Bispo da Cesareia, que viveu entre 115 e 181, já dizia: "Devemos comemorar o nascimento do Nosso Senhor Jesus Cristo em qualquer dia da semana em que cair o 25/12" (Magdeburgenses, Cent. 2. c. 6. Hospinian, De origine Festorum Chirstianorum). Santo Hipólito, que viveu entre 170 e 240, escreve:  “A primeira vinda de Nosso Senhor na carne ocorreu quando Ele nasceu em Belém, no dia 25 de dezembro, uma quarta-feira, enquanto que Augusto estava em seu quadragésimo segundo ano, que é de cinco mil e quinhentos anos de Adão. Ele sofreu no trigésimo terceiro ano, 25 de março, sexta-feira, o décimo oitavo ano de Tibério César, enquanto Rufus e Roubellion eram cônsules", em seu "Comentários ao Profeta Daniel". Na citação acima também temos um 25 de Março, marcando a morte de Cristo, e é correspondente ao 14º dia do mês hebraico de Nisan, que é justamente a data tradicional da Crucificação deles! Em seu Chronicon, Santo Hipólito afirma que a Terra foi criada no dia 25/03 do ano 5.500 antes de Cristo. Agora temos também que Nosso Senhor foi concebido no dia 25/03 e como homem perfeito foi morto também no dia 25/03.

Pra terminar, as palavras de Santo Agostinho, Doutor da Igreja:
“Porque se acredita que Cristo tenha sido concebido no dia 25 de março, dia em que também Ele sofreu; assim o seio da Virgem, no qual Ele foi concebido, onde nenhum dos mortais foi gerado, corresponde à nova sepultura na qual Ele foi sepultado, onde ninguém tinha sido colocado, nem antes nem depois Dele. Mas Ele nasceu, segundo a tradição, em 25 de Dezembro”. 

Não deixe que os Satanistas te afastem da Verdade!

Link para o livro de Taylor R. Marshall