Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Mulher é presa por usar o Messenger pra convencer o namorado a cometer suicídio


Algumas pessoas caíram em abismos tão grandes que buscam a felicidade fazendo mal aos outros. Embora nunca encontrem tal felicidade, elas causam grandes prejuízos a famílias inteiras, e por isso precisamos ter muito cuidado com quem deixamos entrar em nossas vidas.

Uma mulher de Massachusetts foi condenada por assassinato após convencer o namorado a cometer suicídio com longas conversas no Messenger, aplicativo de mensagens do Facebook. Em 2014, Conrad Roy III foi encontrado morto por inalar uma quantia mortal de monóxido de carbono. Investigadores então descobriram uma série de mensagens de Michelle Carter, de então 17 anos, convencendo-o de cometer suicídio.

Os advogados dela tentaram alegar que ele tinha um histórico de depressão e que ela inicialmente tentou impedi-lo, mas dadas as transcrições das conversas, não há margem pra defesa. Veja a transcrição:


CONRAD: Eu não sei porque sou assim.

MICHELLE: Às vezes as coisas acontecem e não temos uma resposta do motivo.

CONRAD: Digo, do motivo de eu estar tão hesitante ultimamente. Duas semanas atrás eu estava disposto a tentar tudo, e agora estou pior, realmente mal, e não estou conseguindo lidar. Está me comendo por dentro.

MICHELLE: Você está hesitante porque você continua pensando muito sobre isso e acaba se afastando. Você precisa fazer isso, Conrad. Quanto mais você demorar, mais isso vai te comer. Você está pronto e preparado. Tudo o que você precisa fazer é ligar o motor e você estará livre e feliz. Sem mais hesitação. Sem mais esperas.

CONRAD: Você está certa.

MICHELLE: Se você quer isso o tanto quanto diz que quer, é hora de fazer isso. Hoje.

CONRAD: Sim. Sem mais esperas.

MICHELLE: Ok. Tô falando sério. Nem espere até hoje à noite. Você tem que fazer assim que chegar da sua caminhada.

CONRAD: Obrigado.

MICHELLE: Pelo o quê?

CONRAD: Por ainda estar aqui.

MICHELLE: Eu nunca te deixaria. Você é o amor da minha vida, meu namorado. Você é o meu coração. Eu nunca te deixaria.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MICHELLE: Está acordado?

CONRAD: Sim.

MICHELLE: Vai fazer isso hoje?

CONRAD: Sim.

MICHELLE: Tipo, de dia?

CONRAD: Eu deveria?

MICHELLE: Sim, é menos suspeito. E você não vai pensar tanto sobre isso quanto pensaria se fosse esperar até de noite.

CONRAD: Então vou fazer assim. Mas onde? Eu posso ir em qualquer área fechada.

MICHELLE: Entra no seu carro e dirige até qualquer estacionamento, em um parque ou algo assim. Faz isso cedo. Faz agora, cedo.

CONRAD: Mas não tínhamos conversado de que assim seria suspeito?

MICHELLE: Não. Eu acho que de noite é mais suspeito, um garoto parando o carro e ligando o rádio. Faz isso logo. Não vai ser suspeito e não vai demorar.

CONRAD: Ok. Vou levar a Holly pra uma caminhada.

MICHELLE: Ok.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MICHELLE: Você não pode ficar pensando sobre isso. Você tem que fazer isso agora. Você disse que faria. Não entendo por que você não faz.

CONRAD: Eu não entendo também. Eu não sei.

MICHELLE: Então acho que você não vai fazer. Tudo isso pra nada. Estou muito confusa. Tipo, você estava tão pronto e determinado.

CONRAD: Uma hora eu vou. Eu realmente não sei o que estou esperando mas estou com tudo no esquema.

MICHELLE: Não, você não está, Conrad. Era pra ter sido ontem à noite. Você fica adiando, dizendo que vai fazer isso mas nunca faz. Sempre vai ser assim se você não partir pra ação. Você só está tornando isso mais difícil ao ficar adiando. Você tem que fazer isso. Você quer fazer isso agora?

CONRAD: Será tarde demais? Eu não sei. Já está claro lá fora. Eu vou voltar a dormir. Te amo. Te mando mensagem amanhã.

MICHELLE: Não. Provavelmente é a melhor hora agora pois todos estão dormindo. Vá até algum lugar no seu carro porque não tem ninguém lá fora, por causa do horário. Se você não fizer isso agora, nunca vai fazer. E você pode dizer que vai fazer isso amanhã, mas não vai. Hoje à noite? Te amo.

CONRAD: Obrigado.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
FIM DA TRANSCRIÇÃO



Logo após o suicídio do pobre Conrad, Michelle partiu pro Twitter:


"Uma bela alma partiu cedo demais. Eu sempre lembrarei do seu sorriso leve e brilhante. Você sempre estará no meu coração. Te amo, Conrad".


"Hoje é o dia nacional da conscientização do suicídio, queria que mais pessoas entendessem. Eu te amo e sinto saudades todo dia, Conrad. Ajude outros. #PodemosAcabarComOSuicídio"


"Eu nunca vou entender por que isso aconteceu"

Ela foi condenada a apenas 15 meses de prisão, mas permanece livre enquanto os advogados tentam um recurso.

E parece estranho que ela parecia cumprir certo prazo, devido á pressa. Poderia ser a iniciação de alguma seita? Seja lá como for, tome cuidado com quem entra na sua vida, e reze sempre.

Fonte: CNN