Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Mulher usa metanfetamina, interpreta a Bíblia errado e arranca os olhos em frente a uma Igreja


Kaylee Muthart, de 20 anos, ficou permanentemente cega após arrancar os olhos intencionalmente na frente de uma Igreja na Carolina do Sul. Pessoas tentaram impedi-la, mas ela lutou e conseguiu o macabro feito. Os médicos acreditam que Kaylee usou metanfetamina.

A droga provocou um frenesi na mulher, que começou a dizer que "o mundo está de cabeça pra baixo" e que "precisava sacrificar seus olhos pra entrar no Paraíso". Muito provavelmente foi uma má interpretação de um versículo da Bíblia, onde Nosso Senhor Jesus Cristo diz: "Se o teu olho direito te leva a pecar, arranca-o fora e joga-o longe de ti". 

O versículo quer dizer que você deve se afastar das ocasiões de pecado pra não cair nele. Por exemplo: se você tem problemas com o álcool, e só bebe com certas companhias, deve se afastar dessas companhias também pra que não caia no álcool. 




 

Uma ambulância foi chamada, que a levou ao hospital. Sua mãe chegou lá pra descobrir que Kaylee agora estava cega. "Não consigo explicar a sensação que tive quando soube. Foi terrível", disse a mãe. "Agradeço por ela estar vivo, mas sabia que havia algo de errado com ela".

"Isso é algo que nunca pensamos que vai acontecer conosco, mas acontece. Sei de mães que têm filhos viciados em heroína aos 10, 15 anos e me pergunto como isso pôde acontecer. Minha filha estava usando drogas por 6 meses e isso me derrubou".

A moça receberá próteses e aprenderá a viver sem a visão. A família planeja que ela converse com outros jovens para avisar dos perigos das drogas.

Outro perigo aqui, porém, é interpretar um livro sagrado sozinho, o que já levou a criação de milhares de seitas bizarras e que tiveram consequências horríveis. Se Aristóteles já é difícil de ler, imagine ler um livro inspirado pelo Espírito Santo? Por isso devemos nos confiar às interpretações dos Santos Doutores, como Santo Agostinho ou São Tomás de Aquino.

A notícia é do New York Post