Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Cafeteria "ideológica" que cobrava taxa de 18% de clientes do sexo masculino fecha as portas após falir


Eis uma norma do empreendedorismo: não cobre taxas dos clientes por conta de quem eles são. Essa cafeteria "ideológica" foi aberto em Melbourne, na Austrália, e cobrava 18% de taxa dos homens, alegando que isso era pra cobrir a diferença salarial existente entre mulheres e homens. Depois de 2 anos tentando ficar de pé, o Handsome Her, a cafeteria, teve que fechar as portas.




A dona da cafeteria, agora fechada, fez uma declaração pública:

"Quando nós abrimos o Handsome Her em 2017, pensávamos que ele seria um pequeno agito nas discussões públicas e nas estruturas da desigualdade e opressão. A taxa para homens explodiu a internet, uma ideia que pensávamos não ser tão radical, mas ainda assim, com a maneira que o mundo respondeu, percebemos o quão frágil é a masculinidade e quão sólida é a necessidade de desmantelarmos e confrontarmos o patriarcado.

Somos apenas uma pequena loja na rua Sydney, que estava tentando priorizar os problemas femininos e as mulheres, e de repente nos tornamos o saco de pancadas de Melbourne e da internet. Sim, nós somos más, discriminatórias, odiadoras de homens que cobram mais só por eles serem homens, afinal, vocês não sabem que a diferença salarial entre mulheres e homens não existe? Enquanto isso, clubes para homens continuam existindo em Melbourne e no mundo".

Ela ainda diz que os ganhos do último dia da cafeteria, onde os clientes poderão pagar o que quiserem, serão doados pra uma instituição que ajuda mulheres vítimas de violência doméstica. 

Enquanto isso, as pessoas que só queriam um café não entenderam nada.

Fonte: Reuters