Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Mulher fica aterrorizada ao descobrir que seu ex-namorado vivia secretamente em seu sótão


Uma mulher de Pittsburgh, EUA, começou a notar estranhos sinais em sua casa. Pequenas coisas mudavam de lugar ou de posição durante algumas semanas. Ela ainda estava com medo de seu ex-namorado abusivo, Cary Cocuzzi, e tinha, inclusive, uma ordem do tribunal pra que ele não pudesse ficar próximo de onde ela estava.





Mas ainda assim, ela deixou de lado essas pequenas mudanças, pensando ser uma paranoia derivada do medo. As mudanças continuaram, como uma tampa de privada deixada levantada, o que não é normal numa casa onde só viviam ela e as filhas. Outra vez, achou um cobertor no sótão. Ela pensou em chamar a polícia, mas pensou que não seria normal chamar as autoridades porque tinha um cobertor no chão.

"Eu estava com uma estranha intuição, mas a ignorei, deixei ela de lado", disse a mulher que teve o seu nome preservado, "eu não queria parecer paranoica mas deveria ter seguido minha intuição, porque estava certa". No dia 20 de Abril ela ouviu um barulho vindo da parte superior da casa e resolveu investigar. Suspeitava no início de ser seu gato inventando moda, mas quando abriu a porta se deparou com o seu ex-namorado de pé no meio do sótão.

Nesse momento o criminoso correu em direção a ela e tentou agarrá-la pelo pescoço. A mulher conseguiu se desvencilhar, correr até o quintal enquanto era perseguida e gritar pra vizinhança chamar a polícia, fazendo com que Cary, o ex-namorado, fosse se esconder.

A polícia chegou e tratou logo de vasculhar a casa, e encontrou o homem escondido embaixo de uma pilha de roupas. Disse ele às autoridades que estava dormindo no sótão porque estava cansado de dormir na rua e queria um lugar pra dormir. Ficou ele "morando" lá por 3 semanas.

Ele foi preso e será acusado por invasão e quebra de ordem judicial (aquela que impedia-o de se aproximar da ex-namorada). Às vezes a paranoia pode te salvar.

Fonte: NBC