Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Lutador chinês de MMA derrota mestre de Tai Chi, perde "Social Score" e não pode mais viajar


Existe muita propaganda em meio às artes marciais, e muito "coach" se achando mestre. Na China, por exemplo, muitos farsantes se vendem como grandes mestres e no final são grandes farsas.

Um lutador de MMA da China resolveu expor essas tais "artes milenares" de falsos mestres desafiando dois mestres famosos atualmente no país, e deu uma surra nos dois sem dificuldade nenhuma.


Ele virou até notícia na revista Time por causa disso. "Xu Xiaodong derrota os maiores representantes das artes milenares chinesas". Isso foi manchete no mundo inteiro. E veja: Xu Xiaodong não é lá o maior lutador de MMA que existe. Os chineses não gostaram dessa história, e é aqui que começa a parte que nos interessa.




O lançamento de um "sistema de score social" na China causou rebuliço há algum tempo atrás. Uma mistura de distopia tecnológica com o 1984 orwelliano. Se você for um bom cidadão, ganha pontos no tal Score. Se for um mau cidadão, perde pontos. A ideia já é terrível, afinal, esse Score é determinado pelo governo, que também determina o que é ser um bom ou mau cidadão.

Porém, com essa história, podemos ver na prática como funciona o sistema. Vejamos a confusão que aconteceu após as derrotas humilhantes dos mestres das artes milenares chinesas. A luta aconteceu no porão de uma academia, e o lutador de MMA debulhou o "mestre" em 20 segundos. Segundo ele, o MMA ocidental é superior às tais "artes milenares" orientais. Os chineses estavam vendo a situação como um "Oriente x Ocidente".

Então a situação foi parar nos jornais chineses. Começaram a dizer que os mestres lendários da China tinham que aprender com o ocidente. Depois o lutador debulhou mais um "mestre lendário" na porrada. O mestre começou a xingar o lutador, o lutador começou a xingar o mestre, e então os tribunais entraram no meio e condenaram o lutador.

58 mil dólares (223 mil reais) de indenização e ele deveria se desculpar nas redes sociais por 7 dias consecutivos. O lutador pagou a indenização, e se recusou a se desculpar. Por causa de toda essa história, o seu ranking no Social Score na China caiu pra "D".

O que isso significa? Agora Xu não pode mais viajar de avião, viajar de trem e nem comprar propriedades. Ele também não pode mais entrar em hotéis destinados a cidadãos que estão em rankings superiores, assim como restaurantes e casas noturnas. Ah, e seus filhos não podem estudar em escolas particulares.

O governo chinês quer implementar à força total o seu sistema até 2020.

O China Journal cobriu a história. Também está no South China Morning post