Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem processa marca de cerveja por desconto apenas pra mulheres e recebe indenização por discriminação


Um homem do país de Gales processou a marca de cerveja BrewDog por se sentir forçado a se identificar como uma mulher pra participar de uma promoção.




A cerveja tem um rótulo bem popular no país pra sua linha "Punk IPA" e fez uma promoção trocando a cor da embalagem pra rosa e o nome pra "Pink IPA". A promoção consistia em dar desconto de 20% para as mulheres que comprassem a cerveja. A marca enfatizou que a promoção era uma paródia às empresas que usam movimentos sociais pra atraírem o público feminino. Disseram inclusive que homens poderiam se "identificar como mulheres" para ganhar o desconto.

Thomas Bower, de 27 anos, quis a cerveja pelo preço do desconto, mas seu pedido foi negado. "Depois de uma pequena discussão, me senti forçado a me identificar como mulher pra participar da promoção", disse o homem. "Reclamei com a empresa e eles disseram que não era discriminação pois chamava a atenção para a diferença salarial entre homens e mulheres".

O homem discordou da empresa, que se recusou a tomar providências. Então foi ele para os tribunais, e decidiu representar ele mesmo, processando a empresa por "discriminação direta e um ato contra a equanimidade".

O Juiz distrital Marshall Phillips condenou a empresa e reconheceu o crime, abrindo o precedente pra condenações contra esse tipo de promoção. Thomas foi indenizado em 4707 reais. O juiz, em sua condenação, disse que Thomas foi "humilhado", e que ser forçado a se identificar como mulher não foi "nada prazeroso". "No meu julgamento, é claro que ele foi discriminado", disse o juiz. 

Fonte: Wales Online