Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Os termos e condições do FaceApp são assustadores e você concordou com eles


Muita gente, mas muita gente mesmo, baixou o Aplicativo "FaceApp", atraídos por funções como simulação de envelhecimento. Ele foi anunciado em tudo quanto é lugar como uma maravilha da nova era, e tal. O "hype" tomou conta da internet e todos queriam ver como ficariam se fossem velhinhos. Tanto é que ele, no momento, é o aplicativo mais baixado em 121 países. 




E então a pessoa baixa o aplicativo, e, ansiosa pelos resultados, "concorda" com os termos e condições sem ler uma palavra. Bom, nesse caso eu ficaria com medo caso tivesse usado o aplicativo.

Vamos dar uma lidinha:

"[AO USAR O APLICATIVO] você concede ao Faceapp uma PERPÉTUA, IRREVOGÁVEL, NÃO-EXCLUSIVA, LIVRE DE ROYALTIES, MUNDIAL (...) licença para USAR, REPRODUZIR, MODIFICAR, ADAPTAR, PUBLICAR, TRADUZIR (...) DISTRIBUIR, E EXIBIR o seu conteúdo de usuário em todos os formatos de mídia e canais conhecidos agora ou desenvolvidos posteriormente, sem compensação a você".

E quais são as consequências disso? Vejamos: Agora uma empresa russa, chamada Wireless Labs, tem os direitos sobre as fotos suas que você tirou ou publicou pelo aplicativo. Eles podem te usar pra propagandas, e não só do aplicativo, mas de margarina, de laxantes, ou literalmente qualquer coisa. Mas muito provavelmente seu rosto será usado pra treinar alguma "inteligência artificial".

Mais ainda: você concedeu permissão pro FaceApp acessar todas as suas fotos. Ou seja, nada legal. Se você usou o App, agora já era, mas que sirva de lição para os próximo aplicativos que pensar em usar. E espero que a propaganda de laxante em que seu rosto pode aparecer não seja um sucesso.

O alerta veio da Forbes