Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pit Bull se arrisca entre as chamas e arrasta bebê de 7 meses pela fralda para salvá-lo de incêndio


Os Pit Bulls acabaram pegando fama de violentos, perigosos e outras coisas ruins por conta do péssimo costume de certas pessoas más de colocá-los pra brigar em rinhas ilegais. Acontece que Pit Bulls normalmente são muito dóceis com seus donos e cuidadosos com crianças. Esse caso mostra isso.




Era mais um dia normal na casa da família Chaichanhda. Todos foram dormir e apagaram as luzes. A criança no seu quarto, os pais no quarto deles. Mal sabiam eles que uma tragédia estava prestes a acontecer, e que a Pit Bull da família estava prestes a se tornar um herói.

Primeiro, a Pit Bull, que estava lá fora, começou a latir freneticamente na porta da casa que fica na Califórnia, EUA, durante a noite, o que não era comum. Ele foi o primeiro a perceber o incêndio e partiu para o alerta. Nana Chaichanhda sabia que não era normal o cachorro estar latindo daquela maneira, pois nunca tinha latido assim, e já acordou sabendo que algo estava errado. 

Quando ela abriu a porta do quarto, percebeu o incêndio que já estava fora do controle. A mãe naturalmente corre por entre as chamas, arriscando sua vida, pra salvar a filha, que estava em seu quarto. Porém, quando chegou lá, com dificuldade, encontrou a Pit Bull da família lá.

Sasha, a Pit Bull, conseguiu subir na cama do bebê e começou a arrastá-lo pela fralda. Foi nesse momento que Nana abriu a porta do quarto, enquanto a Pit Bull passava por ela pra tirar o bebê dali. Nana, acordada pela Pit Bull, pegou o bebê no colo e saiu junto com a fiel escudeira da casa.

O fogo destruiu completamente o apartamento, mas graças à Sasha, que não hesitou em arriscar sua vida após ter acordado os donos, todos saíram ilesos. Os bombeiros de Stockton, Califórnia, estão investigando o que originou o incêndio. Nana disse: "se não fosse pela Sasha, eu teria ficado na cama e tudo poderia ter acabado mal".

Fonte: CBS News