Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Exoesqueleto que reconhece impulsos elétricos do cérebro permite que tetraplégico ande novamente


Um francês chamado Thibault, que não quer que seu sobrenome seja revelado, sofreu um acidente numa casa noturna há 4 anos e desde então está completamente paralisado do pescoço pra baixo. Ele caiu de uma altura de 15 metros e fraturou a coluna. Ele passou 2 anos em um hospital sem poder se mexer, até que pesquisadores recrutaram o homem pra um experimento.



 

A equipe de pesquisadores da Universidade de Grenoble, na França, colocou um dispositivo que reconhece impulsos elétricos entre o crânio e o cérebro, e pediam pra que o homem "desse o comando" de andar. O corpo, obedecendo a alma, envia sinais elétricos pelo corpo pra que a ordem seja cumprida. 

O dispositivo captava cada um desses comandos, como por exemplo "mexer a perna direita pra frente", e traduzia o sinal elétrico com o comando correspondente. Um algoritmo fazia a tradução dos comandos pra linhas de programação. Todos esses dados foram passados pra um software ligado a um exoesqueleto que também está conectado com o mesmo tradutor de comandos de sinais elétricos.

O exoesqueleto ainda não consegue se equilibrar no chão sozinho, e precisou ser segurado no teto com cordas. Os movimentos também ainda são precários. Mas só o fato de conseguir fazer com que os impulsos elétricos sejam traduzidos pelo exoesqueleto já é um grande passo (sem trocadilhos).


Foram 95 dias "treinando" o algoritmo e mais 45 "treinando" o exoesqueleto. A primeira fase do projeto envolveu um videogame, onde Thibault movia um personagem usando seus impulsos elétricos. O próximo passo será manter o exoesqueleto equilibrado, e dar mais fluidez aos movimentos.


Fonte: BBC