Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem tímido pesquisa na internet "como fazer amigos", tenta conversar com mulher da faculdade e é preso


Jamie Griffiths, de 19 anos, é um universitário que está encarando duas acusações de assédio sexual. após uma história bizarra pra caramba. A vítima estava na faculdade pra fazer as provas de admissão do local.





Eles se encontraram duas vezes: no horário da entrada e no horário da saída. Segundo o homem, ele é um cara extremamente "estranho e ansioso". Desejoso de fazer amigos, pesquisou na internet "como fazer amigos" e leu que fazer contato corpóreo, como tocar o ombro da pessoa, ajudaria no entrosamento.

Na versão de Jamie, ele tocou o ombro e a cintura da mulher, mas na hora de falar, não conseguiu. Então basicamente ele chegou nela, tocou o seu ombro e sua cintura, não falou nada e foi embora. Na saída, fez a mesma coisa de novo.

Segundo a vítima, ela começou a chorar após o segundo encontro, que concordemos, foram bem estranhos. Porém, uma diferença: ela alega que ele tocou em seus seios. Ela alega que não conseguiu fazer a prova direito por conta disso.

Na Corte dos Magistrados de Manchester, o homem foi condenado por duas acusações de assédio sexual, pelos dois encontros. Ele, que estuda na Universidade de Durham, mora com os pais, e nega a parte da versão da vítima que alega que ele tocou os seus seios, porém, admite o resto.

Ele disse que estava tentando fazer amigos mas "as palavras não saíram". Sua pena ainda será definida pelo tribunal, e pode chegar a 10 anos de prisão.

Porém, em outra versão a garota também nega que ele tenha tocado em seus peitos. Diz ela que estava passando por uma pontezinha e ele estava encarando o nada, e ela já achou aquilo estranho. Quando ela se aproximou, ele virou rapidamente na direção dela e tocou o seu braço. Ela disse "pare" e ele saiu andando constrangido. Mas preste atenção no que ela diz: "eu acho que se eu não tivesse desviado ele teria tocado o meu peito".

No segundo encontro, algo muito semelhante aconteceu, porém eles ficaram se encarando por alguns segundos, ele tocou a cintura dela, e saiu andando. Segundo ele, as palavras não saíram. Segundo ela, aquilo a traumatizou e ela começou a chorar.


"Todos os meus amigos me deixaram. Eu estava me sentindo sozinho e queria conversar com alguém", disse o homem em sua versão dos fatos. "Eu sorri tentando ser amigável". Segundo ele, a solidão estava o corroendo. Ele pesquisou como fazer amigos e viu que seria bom começar com uma piada. Porém, nas duas tentativas, nada saiu, nem a piada, provocando uma situação deveras assustadora pra garota. "Eu odiaria fazer alguém ficar assustado".

Foi de fato foi algo bem estranho e impróprio. Com certeza foi assustador pra menina, que não podia saber que ele é um estranhão que queria fazer amigos, afinal, quantos não são os casos de estupro que vemos por aí? Mas merecer 10 anos de prisão por abuso sexual? Bom, foi isso o que a corte decidiu.

"Não conseguimos pensar em nenhuma outra motivação pra isso a não ser sexual". Segundo eles, o primeiro caso pode ser considerado como apenas algo estranho, mas o segundo indica premeditação. A pena ainda não foi decidida.