Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Policiais disfarçados tentam comprar drogas de policiais disfarçados e todo mundo tenta prender todo mundo


Duas operações da polícia de Detroit, que aconteciam simultaneamente e secretamente, deram extremamente errado. O Departamento de Polícia de Detroit declarou que faria uma investigação interna pra determinar as causas do incidente.




A vizinhança de Andover, bairro onde ocorriam as operações, confirmam que o local ficou infestado de traficantes. Um residente diz: "definitivamente temos um problema com as drogas no nosso bairro há anos, mas não acho que alguém possa resolvê-lo".


Dois departamentos da polícia, do 11º e do 12º distrito, tentaram resolver. O 12º distrito fez uma operação conhecida como "push off", que é quando dois policiais se disfarçam de traficantes e, quando chega um cliente, ele é preso, seu carro é revistado, etc. 

Enquanto isso, os policiais do 11º distrito se disfarçaram de compradores (seria uma operação "push in"?), e, quando o traficantes revelasse a droga, seria preso. Quando os dois policiais disfarçados tentaram comprar a droga dos outros dois policiais disfarçados, as duas equipes ao mesmo tempo pediram pra outra deitar no chão, dando voz de prisão.


A equipe do 12º distrito que estava observando tudo apareceu pra controlar a situação, e a equipe do 11º distrito apareceu também todos à paisana. Invadiram eles uma casa onde estavam os "traficantes", achando que ali era a base deles, e começaram a lutar entre si.

A confusão foi tanta que ninguém conseguiu usar as armas, e enquanto aquela multidão de policiais dos dois distritos saíam na porrada, o dono da casa assistia. Alguém da polícia que sabia das duas operações, sabendo do desastre das duas, chamou todo mundo no rádio avisando o que estava acontecendo, e então todos riram.

Agora os policiais envolvidos estão sendo investigados. O dono da casa que assistiu a briga, depois de desfeita, disse pra eles: "vocês precisam ter mais comunicação". Não dá pra dizer que ele não se divertiu.

Fonte: Fox News