Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

"Sinto muito, mãe, estou morrendo": mensagem pode desvender mistério dos 39 corpos achados em um caminhão


Nesses dias foi notícia no mundo inteiro um caminhão achado em Essex, na Inglaterra, com 39 cadáveres, noticiados como "chineses". A tragédia foi tão bizarra que autoridades do mundo inteiro comentaram o caso. Agora, as coisas começam a ficar claras.




Uma vietnamita que estava desaparecida provavelmente é uma das pessoas mortas no caminhão. Ela mandou mensagens pra mãe, dizendo "Sinto muito. Estou morrendo. Não consigo respirar". Pham Thi Tra My mandou a mensagem às 4:28 da manhã. Nesse momento, o caminhão já tinha saído da Bélgica, e estava indo pra Inglaterra. Esta foi sua última comunicação com a mãe.

Já se sabe que Pham queria ir pra Inglaterra, de acordo com uma organização de direitos humanos que está em contato com a família dela. Seu irmão disse à BBC que eles pagaram 30.000 libras (154.000 reais) pra um grupo de "coiotes" (pessoas que ajudam imigrantes ilegais) pra colocá-la na Inglaterra em segurança. Sua última localização conhecida por eles era a Bélgica.

O conteúdo da mensagem inteira é o seguinte: "Sinto muito, mãe. Meu caminho não teve sucesso. Mãe, eu te amo muito! Estou morrendo porque não consigo respirar...eu sou de Nghen, Can Loc, Ha Tihn, Vietnã...sinto muito, mãe!".


Os corpos foram achados três horas depois da mensagem ser enviada. Agora as autoridades trabalham pra confirmar que esta moça está entre as vítimas. Caso seja confirmado, é uma grande pista pra levar ao grupo que realiza tais imigrações ilegais.

Mimi Vu, um especialista em tráfico de pessoas do Vietnã, diz que tudo aponta pra autenticidade da mensagem. Segundo ele, ela diz o local onde mora porque é lá que ela deve ser enterrada. Ele também diz que comumente os vietnamitas recebem passaportes falsos da China.

Fonte: Independent