Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Menino que toda hora tinha problemas na escola por desenhar na parede é contratado pra decorar restaurante inteiro


Um menino de 9 anos chamado Joe Whale tem certa compulsão, e por causa dela, toda hora ia parar na diretoria, e os pais recebiam uma ligação bem chata. Algo dentro dele o impele: ele precisa desenhar. Ele olha para os lados, vê aquela parede branquinha e lisinha...e ele precisa desenhar.




Mas é inegável que Joe seja muito talentoso, e tem um estilo único de desenho. Vendo os resultados das peripécias, seus pais resolveram encorajá-lo, colocando-o em uma escola de arte. O professor, reconhecendo o talento do menino, publicou seus desenhos no Instagram, e o sucesso foi tanto que algo inesperado aconteceu.

Um restaurante, chamado Number 4, se interessou pela estética da arte do menino, e entrou em contato pra contratá-lo. Sim, eles queriam encher todas as paredes do restaurante com os desenhos do agora artista profissional, Joe Whale. Durante o trabalho, após o horário da escola, é claro, seu pai o levava ao restaurante, onde ele ficava desenhando até se cansar. A decoração será permanente, segundo o Number 4.


Seu pai, Greg, diz que seu filho é incrivelmente talentoso. Tem ótimas notas, joga muito bem futebol e cricket, mas seu amor é realmente pelo desenho. "Às vezes até me incomoda, ele é melhor do que eu em quase tudo", brinca o pai. Diz ele que o filho estava ficando triste com o pouco tempo dedicado às artes na escola, e que acabava entrando em problemas quando extravasava nas paredes sua necessidade de desenhar. Ao invés de repreendê-lo, notaram ali um dom, e o colocaram numa escola dedicada a isso, pra onde vai após o horário normal de aula.


Quando a família soube que um grande restaurante queria que Joe decorasse a área principal do lugar, foi como se tivessem sido arrebatados ao céu.



 Um Linked In foi feito pro menino pra que ele possa encontrar novas oportunidades de trabalho, e pelo jeito terá sucesso: o seu portfólio já teve 1.500.000 visitas.



Fonte: Metro UK