Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Motoqueiro brasileiro filma em 1ª pessoa tiro que levou após ter chutado um retrovisor


Gabriel Rego, agora com 39 anos, acabou em uma discussão no trânsito depois de algo besta. Trocou farpas com um motorista, em Manaus, e, se irando, chutou o seu retrovisor, quebrando parte do automóvel. Ao empreender fuga, leva um tiro nas costas e cai no chão, dizendo não conseguir se mexer.



 

"Minha intenção não era atirar. Atirei porque me senti ameaçado", disse o policial que estava no volante. A discussão foi filmada em primeira pessoa pelo capacete de Gabriel, e assim, pôde-se chegar ao policial. O soldado Pablo Giovanni prestou depoimento e confessou ter dado o tiro. O revólver usado pelo policial foi apreendido. Não consegui descobrir se o motoqueiro de fato ficou paralítico, mas parece que ele perdeu o movimento das pernas.