Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pomba passa por túmulo de um veterano de guerra, pega todas as flores e faz ninho maravilhoso para colocar ovos


Todo ano, o Memorial Australiano da Guerra, onde ficam os corpos de soldados que morreram em combate, recebe homenagens, seja do governo, seja das pessoas que simpatizam com o exército e a história do país, seja por parentes dos soldados.




Um dos túmulos foi enfeitado com flores de papoula vermelhas, flores muito bonitas, aliás:


Porém, conforme o tempo passava, lentamente as flores foram sumindo. Os funcionários que faziam a segurança do local dedicado a guardar os corpos dos veteranos não sabiam como elas sumiam. Começaram a pensar em um ladrão-ninja, já que estava entrando lá todos os dias sem ninguém perceber nada. Quando quase todas sumiram, deram um basta, e dedicaram todo o tempo para a solução do mistério, afinal, podiam ser demitidos por isso.

Um funcionário da manutenção, no entanto, descobriu a solução do enigma. Dentro do Salão da Memória, onde ficam fotos e artefatos de guerra, em uma janela, o funcionário avistou as flores cautelosamente arrumadas. Muito estranho. Quem teria feito isso?

Foi uma pomba, que construiu o seu ninho com as flores, pra abrigar os seus futuros filhotes.


 

Então veja só: o que foi usado de enfeite em uma homenagem a quem morreu lutando pela paz de seu país, enterrado abaixo do chão, será usado de instrumento pra que uma pomba, do alto, dê à luz em um país que está em paz. Me lembrei de Eclesiastes 3,2: Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou.

Fonte: Metro UK