Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Garoto de 10 anos que perdeu toda a família vive sozinho em fazenda e se alimenta com o que planta


Dang Van Khuyen passa seus dias sozinho em uma cabaninha bem humilde em uma vila remota do Vietnã. Ele cuida das plantações e se alimenta com o que planta. O estilo de vida solitário já causa algum arrebatamento no pensamento, mas ainda há mais uma coisa há ser sabida sobre o caso: Dang tem 10 anos.




A maioria das crianças de 10 anos só têm duas preocupações, tirando as paranoias bobas típicas dessas crianças (como um monstro sei lá aonde): ir pra escola e obedecer os pais. O resto é diversão. Porém, a vida de Dang nunca foi fácil. Sua mãe morreu bem cedo, e Dang, num primeiro momento, vivia com a avó enquanto seu pai trabalhava em uma cidade longínqua, pra ter como manter o filho.

Porém, o pai, que era pedreiro, morreu em um acidente de trabalho, e sua avó se casou com um homem de outro vilarejo, e foi embora.


O dinheiro que o pai conseguia não era muito, mas lhe garantia algumas roupas, comida e utensílios que ajudavam no dia-a-dia. Sua avó, antes de ir embora, cozinhava pra ele. Depois de ouvir sobre a morte do pai de Dang, o professor da escolinha da região fez uma vaquinha pra trazer o corpo do pai dele pra cidade, pra fazer o funeral. Os vietnamitas consideram muito importante ser enterrado em sua cidade natal.

O professor também alertou as autoridades sobre a situação. Nenhum parente paterno ou materno quis cuidar da criança, e ela também se recusa a ser adotada, dizendo que sabe viver sozinha. Como está em um vilarejinho quase que no meio do nada, ninguém se importou com a escolha.


Dang ainda recebe uma ajuda ou outra. Um vizinho, por exemplo, de vez em quando lhe dá arroz. Coisas assim. O menino, porém, planta bambu e outros vegetais, com os quais se alimenta. O menino quer tudo menos ser adotado, alegando que sabe viver ali tranquilamente, mas admite que dormir sozinho enquanto ouve o vento forte não é lá a melhor coisa do mundo.

O professor da escolinha, o mesmo que foi mencionado acima, compartilhou a história de Dang na internet, e a imprensa vietnamita foi conferir a história de perto, gravando uma espécie de matéria-documentário. O vídeo que mostra um pouco do cotidiano do menino já chegou em mais de 3 milhões de visualizações.

Agora pessoas do país inteiro estão se oferecendo pra ajudar o menino de algum modo. O mais impressionante é que, mesmo com todas as dificuldades, Dang nunca faltou um só dia na escola.

Cậu bé 10 tuổi sống một mình bơ vơ nơi rẻo cao
Cậu bé 10 tuổi sống một mình bơ vơ nơi rẻo cao Mọi sự giúp đỡ cho hoàn cảnh của em qua link: https://laodong.vn/tam-long-vang/ld2109-cau-be-mo-coi-song-bo-vo-noi-reo-cao-mot-san-an-tung-bua-768795.ldo Bố bỏ đi làm xa khi em mới được 2 tuổi, lúc lên 4 tuổi, mẹ lại bỏ đi lấy chồng để em sống với bà nội. Trớ trêu thay năm 2018 bà nội cũng bỏ em đi theo người khác. Kể từ đó, cậu bé 10 tuổi sống lủi thủi một mình trong ngôi nhà tranh với hàng nghìn khe hở lạnh thấu trời. Đau thương chưa dứt thì cách đây 10 ngày, người bố mà em còn không nhớ mặt đã mất trong một vụ tai nạn trên Lạng Sơn. Hoàn cảnh éo le đó chính là em Đặng Văn Khuyên học sinh lớp 5D, trường tiểu học Thành Long, xã Thành Long (Hàm Yên, Tuyên Quang). https://laodong.vn/video/cau-be-10-tuoi-song-mot-minh-bo-vo-noi-reo-cao-768060.ldo #TuyenQuang #caubemocoi
Publicado por Lao Động TV em Domingo, 24 de novembro de 2019