Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem empresta conta de MMORPG que valia R$5.9 milhões e amigo a vende acidentalmente por R$2.325,41


Os MMORPG's dominaram as lan houses brasileiras há mais ou menos 10 anos. Hoje não são muito populares por aqui, mas na China ainda são um negócio sério. Este chinês, por exemplo, gastou 1.4 milhões de dólares (5.9 milhões de reais) em seu personagem do jogo Justice Online.




Na base da confiança, ele emprestou o personagem pra um amigo seu, e ele, metendo o louco, disse que só devolveria a conta com base em um pagamento de 388.000 yuans (232.000 reais). Porém, ao fazer essa proposta irrecusável, ele, ao fazer a página de venda do personagem, cometeu dois erros: 1) deixou a venda pública e; 2) colocou o valor como 3.888 yuans (2.325 reais). Em questão de segundos alguém aleatório, vendo o mega-personagem por preço tão barato, comprou-o pelo site NetEase.

O caso foi parar nos tribunais. A juíza, que parece um personagem de anime devido à roupa curiosa, decidiu julgar o caso via Skype.

 
A coisa então foi resolvida assim: a NetEase cancelou a venda, o dono do personagem o conseguiu de volta, mas teve que pagar 90.000 yuan (53.000 reais aproximadamente) de indenização pro cara que tinha comprado a conta, já que ele não cometeu crime nenhum na transação. E quanto ao "amigo?". Obviamente agora é ex-amigo. Segundo ele, o preço baixo foi um erro de digitação devido a uma maratona no jogo.

Fonte: Kotaku