Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem que passou 9 anos vivendo em isolamento total pra não passar doença descobre que ela não é contagiosa


Quando Charat Rakmuen tinha uns 63 anos, começou a notar feridas que cresciam em sua pele. Eram dolorosas e começaram a se espalhar. Ele ficou com medo de passar aquilo pra sua família e quem sabe pro vilarejo inteiro e se mudou pra um vilarejo menor ainda chamado Trang, no sul da Tailândia. Montou uma cabana de madeira e ficou vivendo lá, isolado de todos e de tudo.




O único contato que ele teve com pessoas foi com sua esposa, que vinha toda coberta e não tocava nele, pra trazer comida e medicamentos. Agora ele descobriu que sua doença nunca foi contagiosa e que ter vivido em completo isolamento por 9 anos foi inútil.


Tudo começou semana passada, quando algumas autoridades ficaram sabendo da história daquele homem que vivia em uma cabana de madeira. Após 9 anos, a história chegou neles. Então decidiram mandar uma equipe de médicos lá pra ver o que ele tinha. Afinal, se fosse realmente contagioso, de nada adiantaria sua mulher se cobrir com panos. Aquilo poderia se espalhar mesmo assim.

Os médicos descobriram que ele tem uma doença auto-imune chamada Pemphigus Foliaceus. O Dr. Thiwaporn Srichathong, diretor do hospital que enviou médicos até o pobre idoso disse que ele, em primeiro lugar, não tinha que ter se escondido, mas deveria ter chamado médicos. Além da doença não ser contagiosa, o tratamento seria simples.

O problema é que o homem viveu tanto tempo assim que, agora aos 72 anos de idade, não sabe se vai voltar pra casa. Porém, fica a lição: não tome decisões precipitadas.

Fonte: Metro UK