Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Chinesa com sintomas de Coronavírus "trapaceia" em exames pra conseguir ir pra Paris fazer um tour gastronômico


A embaixada chinesa em Paris conseguiu rastrear uma mulher que, após ter "trapaceado" nos exames feitos nos aeroportos, conseguiu ir pra França com o intuito de fazer um tour gastronômico nos principais restaurantes da cidade.




Os funcionários da embaixada começaram a receber diversas denúncias após a mulher tirar uma onda em uma rede social chinesa sobre como ela enganou os exames feitos nos aeroportos para detectar sintomas do Coronavírus.

"Finalmente, agora posso ter uma boa refeição, parecia que eu estava sem comer há dois dias. Em uma cidade de iguarias do mundo inteiro, é claro que tínhamos que comer com as Estrelas da Michelin*. Logo antes de viajar eu estava febril e tossindo bastante, mas tomei muitos remédios, que diminuíram a minha febre".

*Michelin é um famoso guia gastronômico da França que os turistas usam pra fazer um tour por renomados restaurantes.


A publicação rapidamente viralizou, e as denúncias feitas à embaixada aumentavam exponencialmente. Alguém comentou que ela agora era uma bomba-relógio. Um pouco depois, a embaixada da China na França fez uma publicação no site deles dando informações sobre a resolução do caso:


Segundo a embaixada, eles conseguiram rastrear a Senhorita Yan, que tomou antipiréticos pra disfarçar a febre. Antipiréticos, ou antitérmicos, são remédios que diminuem a temperatura do corpo. Ainda segundo eles, a mulher foi encaminhada para o departamento médico competente, onde foi constatado que ela não tinha nada, e que está tudo bem, mas que ela ainda será "mais examinada".

Porém, já sabemos que quando um órgão do governo diz que está tudo bem, é porque não está tudo bem.

Fonte: Telegraph