Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Criança joga estojinho que não gostou no lixo, é obrigada a ir com ziplock pra escola e causa polêmica entre mães


Haley Hassell, uma mãe de Cantonment, Flórida, comprou pra sua filha um estojo do L.O.L, um seguimento de bonecas que crianças gostam. Porém, pra sua surpresa a menina, chamada Presleigh, disse que o estojo era ridículo porque todo mundo já tinha ele. Em um surto de fúria, a menina jogou o estojinho no lixo.





Então Haley pensou como mãe, não com as emoções que surgem nessas horas, como tristeza por ter seu presente rejeitado, e decidiu ensinar uma lição à jovem menina, que ainda não sabe como é difícil ter as coisas.

Já que Presleigh não gostou do presente, então que ela fosse com um saquinho ziplock no lugar do estojo. Pra quem não sabe, é um como o da foto a seguir:



Segundo uma publicação que fez no Facebook, a mamãe disse que na hora ficou muito braba, mas raciocinou e percebeu que poderia passar um importante valor. "Ok, eu vou pegar o estojo que você vai usar então", disse ela após o surto de sua filha. Escreveu em um ziplock: "estojo da Presleigh" e entregou a ela, que percebeu instantaneamente o terrível erro que cometeu.


Segundo a mãe, instantaneamente o estojinho do L.O.L deixou de ser ridículo, mas já era tarde demais. Agora o estojinho seria doado pra uma criança que precisasse de um, e isso com ela junto.

Presleigh, depois de seu terrível erro

Presleigh com certeza aprenderá a lição, mas nem todos os pais concordam com isso. Embora a maioria dos comentários em sua publicação sejam elogios à atitude, alguns alegam que ela foi muito dura com a menina. Uma mãe, por exemplo, diz que o certo seria levar a menina pra comprar o estojo com ela, pra saber o que ela queria. "Eu falo com meus filhos e me importo com eles. Bom trabalho em ser uma mãe monstro". Esse comentário teve 830 curtidas. Mas a publicação da mãe chegou a 130 mil curtidas e 60 mil compartilhamentos, quase todos elogiando a atitude. Muitos dizem que mais pais e mães devem ser assim.