Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pai descobre que filho pratica bullying na escola e o castiga com uma luta contra boxeador profissional


"Bate de volta, valentão! Bate de volta!", era o que um pai gritava ao filho que levava uma peba de um boxeador profissional em um ringue. Mas como chegamos até aqui? Vamos recapitular.




Os intervalos das escolas costumam ser selvas, onde os mais fortes esmagam os mais fracos por sobrevivência social. Se nessa fase o lado "mais forte" não for corrigido, virará alguém muito ruim em sua vida adulta, e se o lado mais fraco não aprender a se defender, será esmagado pelo resto da vida. Cada pai deve estar atento à vida do filho pra identificar em que lado da moeda ele está, e este pai estava atento.

Foi alertado pela diretoria que seu filho costumava bater em meninos menores durante os intervalos, e assim, se sentia superior. Então o seu pai levou o filho pra aprender uma dura lição: você não é superior porque bate em alguém. Mas caso isso faça você se sentir superior, então leve esta peia de um boxeador profissional.


É claro que o boxeador profissional não usou nem de perto todo o seu arsenal, que poderia matar o adolescente, mesmo usando o capacete protetor. Mas foi instruído pra que o provocasse e humilhasse durante a luta, pro jovem sentir como se sentiam as vítimas de suas humilhações durante o intervalo da escola.

Depois o boxeador profissional foi substituído por outro mais jovem que ainda não fazia lutas profissionais, mas ainda assim o menino foi humilhado. Após a luta, ele saiu com a boca toda ensanguentada.

Alguns pais acharam isso excessivo, outros disseram que ele nunca mais vai praticar bullying depois disso, pois agora sabe como as vítimas se sentem.


Veja como foi a luta: