Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Gêmeas que amam caçar dizem que o "hobby" aproximou elas duas e é "um favor ao mundo"

 

Duas gêmeas dinamarquesas descobriram juntas a paixão pela caça, e segundo elas, foi o que fez elas permanecerem unidas. Rikke Jacobsen é uma assistente de veterinária que ficou tão fascinada com a anatomia dos animais que passou a gostar de ver seus projéteis destruindo todos os órgãos deles.




Já sua irmã, Trine, é fisioterapeuta, e aprendeu suas habilidades de caça com o pai. As gêmeas gostam de publicar seus "troféus" na internet, e apesar de receberem muitos comentários negativos, elas dizem que não ligam.


Geralmente elas caçam raposas, javalis e veados. Segundo Rikke foi seu estudo da anatomia dos animais que fez com que ela se interessasse pela caça. O par acredita que ser "auto-suficiente" na questão de caçar o próprio alimento é "gratificante". Segundo elas, estão fazendo um favor ao mundo, já que a produção de carne em massa gasta muita água, ou seja, a caça individual é "ecofriendly".


"Caçar é um estilo de vida", disse Rikke em entrevista. "Eu vivo e respiro natureza, e isso é viver e prover a si mesma pela caça o que a natureza te dá". "Muitas pessoas acham que é só sobre matar quando ouvem falar sobre caça. Mas existem muitas preparações antes, durante e depois da caça".


"Toda vez que matamos, agradecemos à natureza pela oportunidade". Quando Rikke viu Trine matar sua primeira presa, um veado, se sentiu muito mais próxima da irmã. "O brilho no rosto dela quando ela viu aquele grande animal cair é inesquecível. Seu sorriso se abriu de orelha à orelha".



Elas sempre comem tudo o que caçam, e nunca matam por matar. Tirando as raposas, que caçam quando a população delas precisa ser controlada, e se abre uma temporada de caça às raposas em certas regiões.


Seja como for, elas estão felizes assim.

Fonte: Metro UK