Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Casal passa dias em armário destrancado pensando que estavam presos e são presos


J. Arwood e A. Campbell resolveram dar um rolê de casalzinho criminoso invadindo o Colégio do Estado de Daytona de Ciências do Meio-Ambiente. Queriam provavelmente fumar alguma droga e se divertirem sentindo a adrenalina do crime.




Porém, segundo o que o casal disse posteriormente à polícia, alguém começou a correr atrás deles pelos corredores, e eles foram obrigados a se esconder dentro de um armário. Era o armário do almoxarifado, e segundo eles, não era mais possível sair.

Isso aconteceu em um domingo. Mas só na terça-feira o homem decidiu usar o celular, antes que acabasse a bateria, pra ligar pra polícia. Eles seriam presos, mas pelo menos não morreriam no armário.

Acontece que quando a polícia chegou pra libertá-los, percebeu que o armário não estava trancado. Eles poderiam ter aberto a hora que quisessem. Mas algo explica tudo isso. Explica a suposta pessoa que correu atrás deles, e explica eles não terem conseguido sair de um armário destrancado. A polícia encontrou junto com eles parafernália para o uso de drogas, provavelmente metanfetamina, e fezes no armário.

Mas não encontraram nenhuma droga, ou seja, foi tudo pra mente. O casal de drogados foi preso e acusado de invasão de propriedade. Além disso, J. Arwood violou sua condicional. A mulher também tem um passado com a polícia. Ela já fugiu de um hospício, e, após um acidente de carro, conseguiu fugir de dentro do camburão da polícia.

Fonte: Huffington Post