Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Cruz Vermelha diz que gamers devem ser punidos por crimes de guerra cometidos durante o jogo


O Comitê Internacional da Cruz vermelha disse que não pretende processar gamers que tenham cometido "crimes de guerra" dentro de jogos, mas que isso não quer dizer que o assunto será deixado de lado. O Comitê liberou uma declaração que demonstra o desejo de trabalhar junto com os desenvolvedores de jogos para que as consequências das ações dos gamers sejam punições se eles praticarem torturas ou assassinato de civis, por exemplo.

Segundo eles, os jogos também devem recompensar aqueles que não cometem crimes de guerra em jogos como ARMA ou Call of Duty. O medo do comitê é que o costume dos gamers de fazerem tais coisas em jogos torne os crimes de guerra "triviais" a eles. Eles alegam que é muito difícil distinguir coisas que acontecem em jogos das coisas que acontecem na vida real.


Eles dão como exemplo uma filmagem de ARMA 2 que foi usada pela televisão inglesa ITV pra descrever uma operação paramilitar.



Falando sobre isso, o CEO da desenvolvedora da franquia ARMA diz que crimes de guerra são punidos em seus jogos. Por exemplo, se você atacar civis e seus companheiros estiverem por perto, eles irão atacar você.

Fonte: The Verge