Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Empresa começa a usar Red Dead Redemption pra fazer reuniões em home-office e resultado é o melhor possível


Todas as empresas que fazem trabalho executivo estão descobrindo que nunca ninguém precisou ir até o local do trabalho, bastando fazer chamadas em vídeo. Afinal, tais trabalhos consistem em papéis, acordos e planejamentos, coisas que podem muito bem serem feitas de casa.




Antes das reuniões feitas em casa se tornassem rotineiras, todos pensavam que tal estilo de vida seria uma espécie de paraíso, afinal, não mais sair de casa para o trabalho parece ser um negócio e tanto. Porém, agora descobrimos que elas são bregas e chatas (e até perigosas, já que vimos muitos casos onde uma grande vergonha é exposta sem querer nessas reuniões).

Então uma empresa que faz editoração de livros percebeu que todo mundo tinha um computador que rodava Red Dead Redemption 2 e o chefe decidiu fazer as reuniões no modo online desse jogo. 

Pra quem não conhece, o jogo se passa no velho-oeste, e você encarna um cowboy (ou girl) que pode cometer crimes ou fazer justiça assim como no GTA. Se você tiver um microfone, pode conversar com os outros.

Após algumas reuniões, a empresa viu que só existiam vantagens em fazer isso, e quem nos conta os detalhes é uma das funcionárias, Viviane Schwarz, através de seu twitter.

"O Zoom (app de reuniões online) é uma porcaria, então nós começamos a fazer reuniões editoriais no Red Dead Redemption. É muito bom sentar ao redor da fogueira e discutir os projetos, com os lobos uivando na noite".

"Às vezes o jogo esquece que a fogueira existe e de repente você está na no meio de um bosque escuro com os lobos, mas isso é revigorante".


Porém, antes da reunião começar, os funcionários descobriram que pra poder fazer a reunião eles teriam que completar as "intro quests" do modo online, ou seja, missões que explicam o básico das mecânicas online do jogo. Alguns funcionários não se deram muito bem em uma missão que envolve uma disputa de cavalos, e eles levaram uma hora pra conseguir isso.

 Uma das missões de introdução

Depois eles descobriram que os convites pra amigos só são liberados no modo online depois que você se veste com a roupa de sua preferência, ataca um grupo de bandidos, obtém um mapa do tesouro, acha o tesouro, aceita um trabalho pra roubar cavalos, traz os cavalos pra uma casa e decide a cor do selim. "Só aí você pode abrir o grupo com sua equipe editorial", diz Viviane. 

Você tem que fazer o seu personagem do zero (não no sentido da reprodução humana)

"O pior impedimento técnico que enfrentamos é que às vezes a mesa não existe pra todo mundo, e sentar no chão se torna o mesmo botão pra estrangular a pessoa mais próxima. Ainda é melhor que Zoom". Ou seja, ao ser estabelecida a fogueira, o botão de se sentar ao redor dela é ativado. Mas pra quem ela não aparece, esse botão continua sendo o do estrangulamento.

 Isso é o que aparece quando alguém está tentando te estrangular

Em certo momento um dos funcionários pediu café (no jogo) e o café não chegou. Descobriram então que o café foi para os correios. O chefe sugeriu pro funcionário sair e logar de novo. O café apareceu com ele e seu cavalo foi curado. Após isso, a reunião iria ser retomada, mas um tiroteio começou nas proximidades. Embora alguns tenham se preocupado, o chefe disse pra se tranquilizarem pois eles estavam com a bandeira branca que transforma as fogueiras em "safe zones". 

 Se você ergue a bandeira branca em sua fogueira, ninguém pode te atacar. Se ergue a vermelha, você está querendo briga. Importante pra quem for fazer as reuniões

Outro problema foi quando um dos funcionários acabou nascendo longe do grupo, a quilômetros deles, e começou a ser amarrado em um tronco por outros jogadores. Por outro lado, uma vantagem é que quando a reunião acaba, você pode subir em seu cavalo e ir embora em direção ao horizonte, cometendo crimes ou fazendo justiça, o que é bem melhor do que os tchauzinhos constrangedores em reuniões online enquanto você espera a câmera desligar.

 Não é pra isso que eu sou pago

Viviane conta que, como o cenário é muito bonito, algumas reuniões foram feitas não em fogueiras isoladas, mas andando por aí, como Aristóteles fazia com seus seguidores. Esporadicamente eles eram atacados por algum outro grupo de jogadores, e a briga levava cerca de cinco minutos. 


 Peripatéticos significa "aqueles que andam". Os platônicos xingavam os seguidores de Aristóteles assim, por conta do hábito de Aristóteles de ensinar durante caminhadas. Daí que "patético" se tornou xingamento.

Segundo a mulher, isso era o equivalente aos "intervalos para o café" nas reuniões online, mas com a vantagem de não precisar fingir fazer chá ou de ter algum tipo de votação pra isso. Simplesmente acontecia do nada.

Há 12 segundos eles discutiam sobre qual fonte usar em qual página

Apesar de tudo isso, Viviane garante que o livro que eles estão editorando está ficando muito bom. Fica a dica para empresas que queiram unir o útil ao agradável.

O relato original de Viviane se encontra aqui: