Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Senado dos EUA aprova e agora o FBI pode olhar históricos da internet SEM mandado judicial


Na calada da quarentena o Senado dos EUA aprovou uma medida que permite que o FBI possa olhar o histórico da internet de qualquer cidadão do país sem mandado judicial, aumentando dramaticamente o poder de vigilância do governo.




A medida foi liderada pelo líder da maioria no Senado, o senador Mitch McConnell. Tal medida foi colocada como uma emenda à uma "reautorização" do "Patriot Act", conjunto de leis que dá ao estado poderes de vigilância doméstica.

 O senador que capitaneou a emenda

Os Senadores Ron Wyden, do Partido Democrata; e Steve Danies, do Partido Republicano, fizeram um acordo bipartidário pra tentar barrar essa emenda, colocando uma outra emenda que preservaria a privacidade das pessoas. Mas no dia da votação dessa emenda bipartidária, os senadores que votariam "sim", e que portanto dariam os votos necessários pra aprovação, não apareceram, incluindo o senador Bernie Sanders.

Depois, a emenda que permite os históricos serem olhados sem mandado foi votada, em outro dia, e conseguiu aprovação.