Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

70% dos japoneses querem continuar trabalhando em casa após o fim da quarentena


Uma notícia sobre o Japão que chamou a atenção foi o fato de que a taxa de suicídios no país teve uma queda brusca depois do início da quarentena. 




O Japão é conhecido por sua intensa e rígida jornada de trabalho, e quando isso foi absolutamente retirado com as restrições pandêmicas, seguindo o caminho contrário do mundo (que ficou morrendo de ansiedade em casa), os japoneses finalmente relaxaram.

Por isso, a taxa de suicídios no país caiu 20%. Conforme as restrições vão sendo relaxadas no Japão, e as pessoas se preparam para o retorno de suas rotinas,, uma pesquisa foi realizada entre o povo: precisa mesmo voltar a tudo ser como era antes?


É claro que isso não vale pra trabalhos braçais (por enquanto, afinal, os robôs irão substituir esses...pelo menos é o que dizem). O Instituto Jiji Press fez uma pesquisa a mando do Japan Times, e os resultados chamam a atenção pra uma provável mudança no cotidiano das pessoas.

70% dos japoneses querem continuar fazendo o trabalho de casa. 68.2% dizem que não se sentem estressados trabalhando de casa. 47.7% dizem que conseguem trabalhar enquanto cuidam da família. 42.2% disseram que desperdiçam menos tempo trabalhando de casa.

Por outro lado, ao serem perguntados sobre os maiores problemas do trabalho remoto, 71.9% disseram que algumas coisas, de fato, precisam ser feitas no escritório (mas esporadicamente) e 39.1% disseram que a falta de encontros presenciais pode levar a uma redução na ligação íntima que ocorre entre os colegas.

Fonte: Japan Times