Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Programa leva idosa que bebeu 150.000 latas de Coca-Cola (37.500L) pra fazer check-up


Sabemos que refrigerante não é lá "fitness". Porém, a maioria de nós pensa que uma latinha de vez em quando não tem problema algum, e isso provavelmente faz sentido. Mas conhecemos casos de gente que bebe mais refrigerante do que água, ou pior, só refrigerante.




Mas existem também os casos extremos, que são pouco vistos, e por isso, quando achados, chamam a atenção. É o caso dessa idosa de 74 anos que vive na Coreia do Sul. Quando ela tinha 34 anos, o amor de sua vida, seu marido, morreu. Nesses casos, em luto, muitos caem no álcool ou em outras coisas do gênero, mas ela afogou suas mágoas em algo pouco usado pra isso: Coca-Cola.

Ela decidiu que a partir de então só beberia Coca-Cola, e isso só piorou quando, pouco tempo depois, o filho dela morreu em um acidente de carro. Segundo a idosa, ela bebe 10 latinhas de Coca-Cola por dia, e isso foi assim desde os seus 34 anos.

Fazendo os cálculos, isso dá 150.000 latinhas nesse período de 40 anos onde ela lidou com seu luto de modo bem incomum. Isso dá um total de 37.500 litros de Coca-Cola. Segundo o que imaginamos, alguém que tenha bebido essa quantidade de Coca-Cola simplesmente já deveria ter derretido.

Porém, a idosa insiste que está em ótima forma, e que o refrigerante contribui pra isso. Segundo ela, é o remédio perfeito pra soluções, e que, quando ela está com sono ou cansada e precisa fazer algo, basta uma latinha pra curar tudo.

Ela sempre mantém um estoque

Então a X SBS, canal que fez a matéria com ela, perguntou se ela aceitava ir numa clínica fazer um check-up completo, e tudo pago. Ela aceitou, é claro. O teste sanguíneo veio normal pra uma pessoa de sua idade. Já na endoscopia, foram reveladas pequenas ulcerações no estômago e no duodeno (parte do intestino delgado). Segundo o médico, isso ainda não é um problema que incomode, mas pode ser um sinal de algo bem ruim para o futuro.

Porém, o médico não afirmou nem negou que tenham sido os 37.500 litros de Coca-Cola que causaram tais ulcerações. Afinal, são pequenas, e seu hábito tem 40 anos. Esse é mais um caso de "tire sua própria conclusão".