Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Aquário de Kyoto faz gigantesco fluxograma explicando idas e vindas amorosas dos pinguins


Pinguins normalmente são monogâmicos, e ficam só com um(a) parceiro(a) até o final de suas vidas. Por isso, eles pensam bem antes de se decidirem. 




Mas o que poucos sabem é que rolam tramas amorosas dignas de séries adolescentes entre eles, com direito a ciúmes, conspirações, ciladas, disputadas e tudo quanto é coisa que veríamos em um "Vampire Diaries" da vida, mas versão pinguins.

 Os pinguins do aquário de Kyoto

Tais tramas, que também envolvem separações e reconciliações, rancor e paixão, normalmente só são acompanhadas por zoológicos e aquários quando tais animais mais sociais, como macacos, ou leões, estão em período de acasalamento.

Mas o Aquário de Kyoto, no Japão, foi mais longe, e analisando dia após dia as movimentações amorosas de seu grupo de pinguins, elaborou um fluxograma gigantesco, que ocupa uma parede inteira, descrevendo o que aconteceu no mundo amoroso dos pinguins de lá.





O fluxograma não só relata algumas coisas vistas em dramas adolescências, como dor de cotovelo e crushes, mas também coisas mais pesadas como adultério e roubo de ovos. O aquário de Sumida também fez um, e eles disponibilizaram os fluxogramas em alta resolução no site deles. Porém, se você visitar o local, verá o fluxograma ocupando uma parede inteira.


Mas o que eu quero saber mesmo é o que essa mulher tá fazendo aí no meio:




Seja como for, se você quiser ver o fluxograma em alta resolução, basta clicar aqui. O aquário de Sumida também fez um, que está aqui (caso você queira material pra escrever uma série de romance de pinguins).