Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Filho pede Xbox One e pai oferece trabalho pra ele conquistar o videogame pelos seus esforços


Sabemos bem que crianças que ganham as coisas de mão beijada costumam sendo danosas à sociedade quando crescem, achando que podem tudo, que seus direitos são maiores do que os do próximo, e coisas assim.




Outras crianças não recebem agrado nenhum dos pais, nem quando normalmente receberiam outras crianças. E não digo pela falta de condições financeiras, mas pelo medo dos filhos se tornarem como os outros mencionados aqui anteriormente. 

Tais crianças podem ter dificuldades de expressar sentimentos e carinho, ou de desenvolver sua saúde emocional. Onde está a resposta pra isso? No meio-termo. Esse pai nos mostra como.

Mark Arrington é um pai da Flórida que trabalha duro pra garantir uma boa vida à sua família. Mark serviu 9 anos no exército, foi obrigado a se aposentar por conta de questões médicas e desde então se especializou em reformas (e faz tênis personalizados que são bem legais). O homem tem 3 filhos biológicos e 6 enteados que considera como filhos.

Os enteados são mais velhos, e um de seus filhos biológicos tem 11 anos, chamado de Markell. Um dia qualquer Markell se aproximou do pai e informou que achava que seu Xbox 360 tinha quebrado. Mark publicou uma transcrição do diálogo no Facebook, que traduzo aqui.

Markell: Pai, meu Xbox não liga. Acho que quebrou.
Pai: É...quebrou mesmo.
Markell: Você pode me comprar o novo?
Pai: Sim.
Markell: Obrigado, pai!
Pai: Esteja acordado amanhã, você vai comigo fazer umas coisas na casa que alugo...
Markell: O que nós vamos fazer?
Pai: Não se preocupa, não se preocupa meu querido (nesse trecho o pai coloca emojis gargalhando na publicação em que fez no Facebook).

E o que eles fizeram? O pai fez questão de registrar:




Eles trocaram o piso inteirinho de um cômodo da casa que o pai dele aluga. Após a aula prática, que terminou com um ótimo resultado, o menino ficou tão cansado que capotou por cima do trabalho mesmo:



Agora é chegada a hora do prêmio. O pai levou o menino pra casa, onde ele foi direto pra sua cama, e quando ele dormiu, o grande prêmio foi colocado ao seu lado. Quando acordasse, seria a primeira coisa que veria:


Segundo o papai, Mark, ele sempre ensina novas habilidades ao filho. Dessa vez foi trocar um piso inteiro, envolvendo lixar o chão e processos cuidados. Numa outra vez, o menino aprendeu a consertar o ar condicionado.


Assim, esse pai prepara uma herança ao filho que vai além dos bens materiais, afinal, Markell terá do pai ótimas lembranças e muitas habilidades, com as quais saberá se virar por aí, além de valiosas lições, aprendendo que temos que trabalhar pra conseguirmos as coisas.


Mark e sua esposa

Fonte: O Facebook do Mark Arrington