Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Gato ranzinza que fingia não gostar do bebê é flagrado indo escondido fazer carinho nele


Sunny passou 6 anos em um abrigo pra animais abandonados. Após tanto tempo por lá, aos 8 anos de idade finalmente foi adotado, e amou o novo estilo de vida, bem como seus novos donos.




"Nós pegamos ele no abrigo há 5 anos, quando ele tinha 8. Ele passou 6 anos de sua vida procurando um lar, e assim que o encontramos, o adotamos", disse Shannon Richardson, a mulher que o adotou.

Feliz da vida, Sunny se sentia em um castelo, com seres humanos que o amam e que o alimentavam todo dia. Ele podia dormir em lugares confortabilíssimos, e tinha acesso a todos os cômodos. Estava tudo perfeito, até aquelazinha chegar.

Embora não consiga entender muito bem como funcionam essas coisas, um dia seus escravos, digo, donos, trouxeram um mini-humano pra casa. Uma menina chamada Hazel. Shannon e seu marido estavam ansiosos pra verem a reação de Sunny ao ver Hazel pela primeira vez.

Sunny a desprezou totalmente.


"Quando trouxemos Hazel pela primeira vez pra casa, ele não deu muita atenção". Segundo Shannon, ele a cheirou, foi embora e começou a comer sua ração.

Afinal, agora tudo é a Hazel. A Hazel ganha roupinhas, a Hazel ganha brinquedos, a Hazel tem um berço magnífico com câmera, a Hazel só anda no colo, a Hazel...e-ela...ela tá bebendo seu leite? Eu nunca bebi seu leite! 

Ao mesmo tempo, um estranho sentimento surgia no coração de Sunny. Por algum motivo ele também queria dar atenção pra Haz-não, isso é besteira, deixa pra lá - pensava Sunny sempre que tal sentimento se insinuava.

Por alguns meses Sunny continuou com sua postura fria e insensível quanto a Hazel, a desprezando e fingindo que ela não existia. Os pais de Hazel até estavam se conformando com a hipótese de Sunny nunca ser um fã dela.

Mas um dia eles foram olhar a câmera do berço e ficaram chocados com o que viram.


Sem ninguém ver, nem mesmo Hazel, Sunny precisava descarregar aquele estranho e, pra ele, vergonhoso sentimento que estava tomando o seu coração. Mas ninguém podia ver! 

"Essa foi a primeira soneca dele com ela. Eu fiquei muito surpresa em vê-lo no berço! Não é fácil pular ali dentro por causa da cerca, e Sunny não gosta de pular. Ele ficou lá por 4 horas antes do meu marido perceber que ele não tinha ido dormir na nossa cama, como sempre".

Com essas escapadinhas, Sunny começou a aceitar o sentimento, e, primeiramente escondido, depois começou pouco a pouco a exibi-lo em público:


Agora que o tempo passou um pouquinho, Sunny já se acomoda todo em Hazel sempre que pode, não importa quem esteja vendo. Ah! E se ela chora ele vem correndo ver quem é o vilão que está incomodando sua princesa.

"Eu me tornei aquilo que eu odiava"