Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem coloca brinquedos no quintal e família com 7 raposas começa a vir todo dia pra brincar


Um homem de Illinois chamado Shawn Davis estava tranquilo em sua casa quando se deparou com algo incomum: duas raposinhas no seu quintal. "Nós ficamos realmente surpresos porque vivemos numa vizinhança residencial", disse ele.




No quintal eles já tinham muitas coisas domésticas como baldes e mesinhas que eram coloridas, e chamaram a atenção de quem pode escalar e se divertir, caso seja uma criança ou algo que tenha o tamanho de uma. As raposinhas que vieram primeiro eram jovens, não deveriam ter um ano, e começaram a aparecer regularmente durante o mês de maio em sua casa.


Quando viram ser um lugar seguro, pelo jeito contaram para os outros membros de sua família, e logo todos estavam lá. "Cada vez mais víamos mais e mais raposas".A família é composta de 7 membros: pai, mãe e 5 filhotes. Shawn conta que viu o pai algumas vezes, mas não muitas. A aposta dele é a de que ele deixava a família lá em segurança, e enquanto brincavam, ele ia caçar.



Não demorou muito pra que as visitas esporádicas começassem a ser todo dia. "O nosso quintal é bem cercado com muros e árvores, acho que eles se sentiram muito seguros". Segundo o homem, eles dormiam de dia e começavam a brincar no meio da tarde.


Segundo o homem, por conta da quarentena elas foram muito bem vindas, já que o tédio é um dos problemas de quem fica isolado em casa. Ver as raposas brincando alivia isso um pouco. Empolgados com as visitas, Shawn e sua esposa colocaram uma caminha elástica no quintal, e registraram quando elas começaram a brincar com a elasticidade da coisa.


Ainda segundo o homem, a brincadeira preferida delas era pega-pega. Um filhote tinha que conseguir agarrar a cauda do outro. Até a mãe entrava na brincadeira de vez em quando. Agora os filhotes estão crescendo e se tornando mais independentes, então as visitas estão ficando menos frequentes. Mas de vez em quando ainda aparecem.


São coisas simples assim que alegram nossos dias.

Fonte