Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Lembra do funcionário 'exposto' que recebeu 504k de gorjeta? A mulher está EXIGINDO uma parte da grana


O Ovelhas contou aqui há alguns a história de uma mulher que queria entrar sem máscara no Starbucks, o funcionário negou o atendimento e então ela deu um "exposed" nele. Então, após o vídeo viralizar, as pessoas ficaram do lado do garçom e passaram a dar gorjetas virtuais pro moço através do site GoFundMe, e até o fechamento daquela matéria, ele havia recebido o equivalente a 504.000 reais.




Pois bem, a mulher que deu o "exposed" que saiu pela culatra, cujo primeiro nome é Amber, agora quer uma parte da grana. Ou melhor, EXIGE uma parte da grana.

Segundo a mulher, ela nunca o ameaçou, e agora está recebendo ameaças de morte. Ela então segue com sua linha de argumentação dizendo que como as gorjetas estão sendo dadas com base no seu nome, ou seja, de algo que ela fez, portanto ela e seus três filhos merecem uma fatia desta quantia.

 Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Amber fala sobre o caso

Mas e se o funcionário, chamado Lenin, não quiser dar? Alguém poderia fazer uma piada sobre o Lenin não querer dividir o dinheiro, mas não é essa a ameaça dela: segundo Amber, se essa fatia não for dada a ela, tanto ele como o autor da página no GoFundMe terão que enfrentá-la nos tribunais por calúnia e difamação.

Além do mais, ela abriu a própria página do GoFundMe pra "reparar a difamação" que sofreu. Embora pareça absurdo, ela pode sim ter alguma vitória nos tribunais. Pensando friamente, Lenin deveria tratar tal coisa como uma aposta: se ele der uma fatia pra ela, é só esquecer dessa história e seguir a vida. Se topar ir pros tribunais, há certa chance dele perder bem mais do que uma fatia. Qualquer novidade sobre a história será publicada aqui.

Fonte: NBC News