Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Soldado foge com puma pra floresta sendo perseguido pela polícia após juiz ordenar entrega no zoológico


Um soldado veterano de guerra da Polônia, que serviu no Afeganistão, mantinha em casa secretamente uma puma de estimação chamada Núbia. A puma já estava domesticada, vivia como um gato gigante e nunca atacou ninguém. 




O homem, chamado Kamil Stanek, vivia com sua puma há 6 anos. Porém, alguém fez uma denúncia, o caso foi parar na justiça e um juiz ordenou que a puma fosse levada a um zoológico. Mas quando a equipe do zoológico chegou na casa de Kamil pra buscá-la, o ex-soldado pegou uma faca e ameaçou todo mundo. 


Um vídeo dele com a Núbia

Enquanto chamavam a polícia, o homem colocou a puma em uma coleira e fugiu pra uma floresta próxima na cidade de Myslowice. Ele conseguiu a puma na República Tcheca, e a trouxe sem ninguém saber pra sua casa.

Vendo que o homem desafiava a ordem judicial, um impressionante número de 200 policiais foi enviado atrás dele na floresta, começando uma caçada parecida com Rambo II (com o acréscimo da puma).

 Foto ilustrativa

Enquanto a mega-caçada acontecia, o prefeito da cidade, Dariusz Wojtowicz, se posicionou a favor do soldado. Em uma publicação no Facebook ele disse que o amor pelo animal e uma decisão judicial "sem coração" forçaram ele a fugir. O prefeito pediu ao juiz dar um olhar mais humano para o caso.

Após 3 dias de perseguição o ex-soldado se entregou a polícia e foi solto no mesmo dia. A puma, de fato, foi levada ao zoológico. Porém, devido ao drama, a opinião pública quer que a Núbia volte a viver com Kamil. Provavelmente ele vai recorrer. Enquanto isso, Núbia fica no zoológico de Poznan.