Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Mulher se forma, faz mestrado, começa doutorado e compra casa própria aos 21 anos


Pakeezah Zubairi é uma jovem moça de 21 anos que vive na Flórida, nos EUA. Ela tem chamado a atenção por seus feitos nessa idade tão jovem: diplomada e com mestrado, está fazendo doutorado e já tem uma casa própria.




Lá nos EUA você pode fazer atividades extra-curriculares durante o ensino médio que lhe dão "créditos universitários", e assim você já vai eliminando matérias. Pakeezah terminou o E.M. com tantos créditos que conseguiu pular metade do curso de psicologia quando entrou na faculdade.


Antes de completar 19 anos ela já havia se formado no curso, em tempo recorde. Sem nem parar pra respirar ela começou um mestrado em Gerenciamento de Recursos Humanos, e se tornou a estudante mais jovem da história da Universidade Lynn a conseguir um mestrado, um pouco antes de fazer 20 anos.

Além de tudo isso, Pakeezah trabalhava 8 horas por dia, e juntando as suas economias com as de seu marido, já conseguiu comprar sua casa própria. Isso aos 21 anos de idade. "Eu guardei dinheiro sempre que pude, não comia fora, não saía pra beber, não gastava em roupas caras, bugigangas ou feriados", diz a moça.


Steven, seu marido, também se uniu a ela nesses sacrifícios financeiros. Quando ela terminou o mestrado, os dois já tinham juntado pra pagar a entrada da casa. "Quando eu olho pra trás e vejo o trabalho que fizemos fico muito feliz pelo o que alcançamos e também que alcançamos como um casal", disse ela.

O conselho dela é que você faça o mesmo: saia do aluguel e vá logo comprar uma propriedade. Segundo a moça, serão 2 ou 3 anos de sacrifícios pra conseguir juntar o dinheiro da entrada, mas vale a pena.


Pra fazer essas coisas em tempo recorde, Pakeezah via aulas a mais durante a semana, mesmo trabalhando 8 horas por dia. "Provavelmente eu perdi muita coisa da adolescência como passear, comer fora e 'rolês' com as amigas, mas agora vou fazer tudo isso aos 21", e o melhor, sem ter que planejar o futuro.

Aliás, sem planejar onde morar. E depois do doutorado, o que ela pretende? "Deitar um pouco", diz ela.

Fonte: Metro UK