Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Foca-leopardo se apaixona por fotógrafo e começa a trazer pinguins pra ele comer durante 4 dias

Paul Nicken foi viver uma experiência que a maioria dos fotógrafos sonha em viver: ser contratado pela National Geographic pra fotografar a natureza. Sua missão era pegar imagens da foca-leopardo, uma predadora dos mares que come pinguim como se fosse batata-frita.




Com uma câmera especial e uma roupa de mergulho, ele entrou nas águas geladíssimas da Antártida, com medo do que poderia acontecer, mas com a coragem de quem está ganhando bem. Então, as coisas começaram a dar certo para Paul: uma foca-leopardo aparece e abre seu bocão bem na câmera. Ele tirou essa foto:



Então ela sumiu, e pra surpresa do fotógrafo, ela logo apareceu com um pinguim vivo!




Ela então larga o pinguim que agonizava ainda vivo, e começa a "falar" com a câmera. Segundo Paulo, ele crê que ela achou que a câmera fosse a sua boca.



Foram 4 dias de convívio de Paul com essa foca-leopardo fêmea. Primeiro, ela ficava trazendo pinguins vivos. Como Paul não estava comendo, ela provavelmente pensou que ele estava fraco e precisava de ajuda, então ela começou a trazer pinguins mortos:




De novo Paul não comeu os pinguins, e ela pensou que deveria se tratar de uma grande doença! Pois bem, ela começou então a trazer pinguins despedaçados, fáceis de mastigar:



Vendo que a situação era preocupante, a foca-leopardo não saiu do pé do fotógrafo, pra pelo menos cuidar dele, só observando:




Segundo Paul, ser alimentado e cuidado por uma foca-leopardo durante 4 dias foi a experiência mais impressionante que ele já teve como fotógrafo da National Geographic. Ele conta a história em um vídeo. 

 

Agora, se uma foca-leopardo com todo o carinho trouxesse um pinguim mastigado pra mim, eu faria um esforço pra comer.