Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem pede namorada em casamento duramente mergulho e quase mata ela sem querer


Quando os dois secretamente pensam em se casar um com o outro, começa aquela tensão. Ela pensa: "quando ele vai pedir?", e se tranquiliza ao mesmo tempo em que sente ansiedade. Ele pensa: "quando eu devo pedir?", e se tranquiliza ao mesmo tempo em que sente ansiedade.




Normalmente o homem respira fundo, compra um anel, leva a moça pra jantar ou pra algum lugar legal e bonito, e subitamente se ajoelha, abrindo o bauzinho do anel e fazendo o pedido: "quer casar comigo?"


Mesmo quando uma mulher não quer o casamento ela é atingida por certo influxo emocional, e costuma sair correndo irracionalmente ou algo assim. Quando ela quer dizer o "sim", e já pensou nesse momento várias vezes, o influxo de emoções é muito maior, provocando certo estupor. 

Por outro lado, o respirador dos equipamentos de mergulho exigem com que o mergulhador (ou a mergulhadora) respirem com certo ritmo. Um ritmo calmo. Um ritmo sereno. Um ritmo respiratório de quem está tranquilo. 

Se você respira em um ritmo acelerado enquanto usando o respirador, o equipamento não consegue fornecer tal quantidade de oxigênio, o ar acaba não vindo, e o mergulhador acaba se desesperando, podendo até morrer.

Exatamente por isso é uma péssima ideia pedir alguém em casamento a uma profundidade de 12 metros no mar. Anthony Taylor queria que o momento fosse inesquecível, e planejou pedir sua namorada, Stephanie Walker, em casamento durante um mergulho que é um dos passeios do lugar pra onde foram viajar: um resort na Turquia.

O momento perfeito: ele, ela e o instrutor de mergulho. Subitamente ele tira uma plaquinha com os dizeres: "quer casar comigo?".


Quando Stephanie viu que estava sendo pedida em casamento, engasgou, a máscara encheu de água, ela perdeu o ritmo da respiração, e começou a se desesperar:


O homem continuou segurando o anel em frente ao seu rosto, enquanto ela apontava pra máscara em direção ao instrutor, querendo dizer que ela tinha enchido de água:


Após quase morrer com um anel sendo esfregado em sua cara a 12 metros de profundidade na costa da Turquia, ela foi salva pelo instrutor, e resgatada antes do afogamento. E ela disse sim!!!! Provavelmente não foi o que Anthony planejou, mas acabou dando certo.


Se bem que o plano é um tanto maquiavélico: ela tinha só uma plaquinha de "sim". Não tinha a plaquinha "não". Então ela ou dizia "sim", ou se afogava.

Fonte: Daily Mail