Tecnologia do Blogger.

Mulher doa rim pra policial idoso que já prendeu ela várias vezes após ouvir "voz"


Jocelynn James resolveu fazer algo que muitos veem como controverso: doou um órgão pra um idoso. A doação de seu rim salvou a vida de Phil Campbell, um policial do Alabama.




A moça estava dando uma olhada no Facebook em um momento de tédio quando viu que Phil precisava de um rim, pois o seu já era. Os médicos informaram o policial de que a espera, segundo a fila da doação de órgãos, poderia levar 7 ou 8 anos.

Ou seja, era praticamente uma sentença de morte ao policial. Mas Jocelynn disse que ouviu uma voz em sua cabeça mandando ela dar o seu rim pro idoso, e segundo ela, se tratava de uma voz divina. Em entrevista, o policial diz que se pedissem pra ele fazer uma lista com 100 nomes de possíveis doadores, ele não teria colocado o de Jocelynn.

Isso porque ela ja foi presa diversas vezes por Phil, quando ele ainda não era aposentado. Ela vivia em casas voltadas ao uso de opioides, como a heroína, morfina, fentanil, oxicodona, dentre outros. Segundo a moça, graças às várias vezes que Phil a prendeu enquanto estava drogada nessas casas, ela decidiu mudar de vida.

Hoje ela conduz uma ONG que auxilia mulheres viciadas em drogas a se reabilitarem e largarem o vício. Não é qualquer um que pode doar seu rim pra qualquer um, mas tem que rolar um "match", ou seja, vários fatores entre os dois corpos devem ser semelhantes pra que o transplante possa ocorrer sem causar a morte do receptor.

Jocelynn pareou perfeitamente com Phil, e doou o rim sem pestanejar.

Fonte: Fox News