Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem fracassa 200 vezes na máquina de pegar ursinho, perde R$1.071 e chama a polícia

 

Máquinas de pegar ursinhos de pelúcia com aquelas garras que vêm de cima são item obrigatório em fliperamas e também estão presentes em super-mercados e shoppings centers. Muitos acusam tais aparelhos de manipulação de resultados, programando a garra pra que ela pegue um ursinho a cada tantas tentativas.



 

Outros dizem que a programação é feita com base em quanto dinheiro foi depositado na máquina. Mas há ainda um terceiro grupo que alega ser possível pegar os bichos na base da habilidade, embora seja, de fato, bem difícil. Um exemplo é o Chen Zhitong, que conseguiu pegar 15.000 bichinhos dessas máquinas em apenas um ano.

 

Seja qual for sua posição quanto ao assunto, a questão é que um homem identificado como Oragun foi a um fliperama e decidiu jogar em uma máquina de uma empresa famosa, a Sega, afinal, na máquina de uma empresa de tal nível não deve existir uma trapaça.

 

Normalmente a ficha dessas máquinas custa 100 ienes no Japão (R$5,36). A primeira tentativa não deu certo. A segunda também não. O homem, levado em uma bola de neve, quando viu havia tentado 200 vezes, gastanto, portanto, 20000 ienes, ou 1071 reais. Se sentindo enganado por alguma programação, ou seja lá o que for, ele chamou a polícia.

 

Dois policiais apareceram, e pra determinar se havia ali alguma programação fraudulenta, um representante da Sega foi obrigado a jogar na máquina até vencer. Foram cerca de 300 tentativas até o representante conseguir pegar um. Porém, os policiais notaram que o homem conseguiu após mover um dos ursinhos pra uma posição mais favorável, e determinaram que foi pela habilidade dele.

 

A "vítima" compartilhou o momento no Twitter, e uma das fotos chegou a 106 mil curtidas. No tweet ele diz: "eu não pude vencer, então a polícia está aqui. Eles estão investigando o funcionário que ainda não conseguiu ganhar".

 

Embora a polícia tenha determinado que não aconteceu crime algum, e que o homem jogou o dificílimo jogo porque quis, as pessoas começaram a reclamar contra a Sega pelo Twitter. Tanto é que eles soltaram uma nota pública quanto ao ocorrido:

 

"Como um todo, esses jogos são feitos pra serem aproveitados pelos jogadores que querem testar a habilidade e tentar a sorte, e são jogados com eles sabendo que quando o dinheiro é colocado, um prêmio não necessariamente vai sair". 

 

"É claro, nos esforçamos pra que nossos funcionários fiquem atentos às situações dos clientes, então se algo parece estranho, você pode chamar à vontade um deles e pedir um pouco de ajuda. Essa é uma operação fundamental de nossa empresa".

 

Seja como for, nunca gastei mil reais em uma máquina de pegar bichinhos de pelúcia. Um vídeo de certo momento em que o funcionário permanece tentando pegar um dos bichinhos, que na verdade é um personagem de anime, foi liberado no canal de um Youtuber que entrevistou a "vítima".